Good Girls: 4ª temporada chega à Netflix. Por que vale a pena assistir a série?

Está curioso(a) sobre o show que deve continuar em breve na Netflix? Descubra com o Tech News Brasil por que vale a pena assistir Good Girls!

Por que vale a pena assistir Good Girls

No dia 31 de agosto, a 4ª temporada da série original da NBC estreia na Netflix. Embora esta seja a última temporada, ainda dá tempo de assistir e se interessar pelo show. Acompanhe a leitura a seguir para saber por que vale a pena assistir ‘Good Girls’.

A trama de Good Girls gira em torno de três amigas que resolvem assumir o controle de suas vidas. Para isso, elas armam e executam um plano de assalto. Porém, acabam se metendo em apuros, pois, pela falta de experiência, não conseguem sair dessa situação tão facilmente.

Com a chegada de uma nova temporada da série na Netflix, o Tech News Brasil te  explica por que você deve aproveitar o embalo para assistir Good Girls. Confira!

Enredo de Good Girls

Enredo de Good Girls
Imagem: Reprodução/NBC

Criada por Jenna Bans, a trama de Good Girls se passa em Detroit, na cidade de Michigan, e gira em torno de Christina (Beth Boland), Retta (Ruby Hill)Mae (Annie Marks), três amigas e mães que embarcam em uma aventura delinquente a fim de ajudar suas famílias, que estão enfrentando dificuldades. Inclusive, cada uma está passando por um perrengue diferente dentro de casa ou no trabalho (ou em ambos).

O problema é que a ideia delas tem tudo para dar errado. Primeiro porque elas não têm a menor experiência com roubos e são “boas” demais para fazerem o errado dar certo. Segundo porque o alvo do roubo é um supermercado que já estava sendo negociado em lavagem de dinheiro e o gerente da loja reconhece uma delas, o que só as coloca em uma enrascada ainda maior, porque agora vai ser mais complicado se desvincular desse crime — e de algo pior.

Por que vale a pena assistir Good Girls?

A série Good Girls consegue manter um bom equilíbrio entre drama e comédia. A respeito da dimensão da trama, há quem afirme que esta possa ser a versão feminista de Breaking Bad, série da AMC, visto que os protagonistas de ambas as produções se envolvem com o mundo do crime no intuito de garantir recursos financeiros à família. Inclusive, a filha de uma delas sofre com uma doença crônica debilitante e que é bem dispendiosa.

As mulheres presentes em Good Girls são fortes e conseguem cativar o público de maneira contínua. Em especial porque é nítido que o elenco dá o melhor de si na atuação a respeito dos dramas que as personagens vivenciam. O mesmo vale para as cenas em que há confusão e adrenalina. Desse modo, é impossível acompanhar a trama sem se deixar envolver pelo carisma das personagens.

Em Good Girls, é perceptível a preocupação com o desenvolvimento das personagens, até porque sempre são mostradas os conflitos familiares pelos quais elas passam. Ainda, são mostrados os momentos em que se questionam sobre suas ações e a forma como vivem, permitindo que o espectador tenha uma aproximação real com as protagonistas.

Ou seja, a trama faz o que pode para alcançar o espectador e mantê-lo por dentro do que ele precisa saber que lhe desperte gatilho, se mantendo envolvido com a série. A esse respeito, o espectador tende a ficar bem satisfeito com Good Girls.

Além disso, é até interessante ver como as protagonistas gostam do poder que o crime lhes proporciona, o que torna ainda mais interessante ver como elas lidam com a situação ao caírem em novos conflitos. Portanto, vale bastante a pena assistir a série Good Girls, mesmo que não haja um fim conclusivo para a produção.

Qual o motivo do cancelamento de Good Girls?

De maneira bastante simples, a produção de Good Girls foi cancelada porque, após o lançamento da temporada 4, houve uma perda considerável de audiência nos EUA. Tendo isso em vista, a NBC resolveu não estender mais a série de televisão e a cancelou. Nem mesmo a Netflix, sabendo do sucesso da série na plataforma, quis investir na continuação da trama.

Gostou de saber por que vale a pena assistir Good Girls? Pois confira também:
O Menino que Descobriu o Vento | Conheça a história real que inspirou o filme da Netflix

Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e em Marketing Digital. Amante de filmes de ação com protagonização feminina e fã de café à meia-noite.

Deixe seu comentário

12 − 9 =