5 motivos para assistir à série ‘The 100’ na Netflix — Vale mesmo a pena?

Confira aqui 5 ótimos motivos para assistir a The 100, série da The CW atualmente disponível no catálogo da Netflix. Você vai adorar!

Uma excelente série de ficção científica, com temática pós-apocalíptica, que está atualmente disponível no catálogo da Netflix é The 100, criada por Jason Rothenberg e produzida pela The CW.

Nesta matéria completa do Tech News Brasil, você vai conhecer um pouco mais sobre a série The 100 e descobrir 5 ótimos motivos para começar a assisti-la hoje mesmo na Netflix! Confira!

Sobre a série The 100

5 motivos para assistir à série 'The 100' na Netflix — Vale mesmo a pena? (Imagem: Divulgação/The CW)
5 motivos para assistir à série ‘The 100’ na Netflix — Vale mesmo a pena? (Imagem: Divulgação/The CW)

A série The 100 (“The Hundred“) foi criada e escrita pelo produtor americano Jason Rothenberg e desenvolvida pela emissora The CW. Atualmente, seis das sete temporadas de The 100 já produzidas se encontram disponíveis no catálogo da Netflix.

A trama de The 100 se desenrola quase 100 anos depois de um apocalipse nuclear que devasta a Terra, causando não apenas a aparente destruição da fauna e da flora, mas também a morte de todos os seres humanos. O únicos sobreviventes são aproximadamente 2.400 pessoas que vivem espalhadas entre 12 estações espaciais que orbitam a Terra e que se unem numa mesma estação, chamada “Arca“, sob a liderança do Chanceler Jaha (Isaiah Washington).

Obviamente, os recursos na estação são bastante escassos. Depois de uma falha crítica nos sistemas de suporte de vida que ameaça a sobrevivência da Arca, 100 prisioneiros bastante jovens são enviados em uma missão super arriscada à superfície da Terra com o objetivo de avaliar como estão as condições de vida na superfície do planeta.

Agora, os 100 jovens precisam lutar contra as adversidades locais enquanto tentam chegar à antiga instalação militar Mount Weather, ao mesmo tempo em que formam uma espécie de sociedade experimental no planeta que eles conheciam apenas do espaço. Porém, eles logo descobrem que não são realmente os únicos sobreviventes do desastre nuclear…

Você também pode gostar de ler:
5 motivos para assistir ao filme ‘Somos Todos Iguais’ na Netflix

5 motivos para assistir à série The 100 na Netflix

Agora que você conhece o básico do roteiro de The 100, confira a seguir 5 ótimos motivos para começar a assisti-la hoje mesmo na Netflix!

Ficção científica bem construída

A série The 100 tem diversos gêneros: drama, ação, distopia, pós-apocalíptico, mas um dos que mais se destaca é o de ficção científica. Há uma grande riqueza de detalhes nos cenários espaciais e naqueles ambientados na Terra devastada pela guerra nuclear.

Porém, mesmo quem não é fã do gênero de ficção científica vai curtir a série The 100 justamente pelo fato de ela se respaldar em outros gêneros. Há momentos até mesmo que aproximam a série de um drama adolescente, especialmente pelo elenco ser formado por atores jovens interpretando personagens igualmente jovens, mas isso não torna a série brega ou forçada em nenhum momento.

Além disso, em todo episódio há ao menos uma cena que vai deixar os telespectadores de cabelo em pé pela intensidade e pelas reviravoltas do enredo. Em diversas vezes você acha que está sacando o caminho para o qual a série está seguindo e de repente: bum! Ela ousa e segue por um outro completamente diferente, subvertendo suas expectativas.

Ótimo desenvolvimento dos personagens

Um dos principais pontos forte de The 100 são os personagens, muito bem construídos e com arcos coerentes e bem desenvolvidos. Por conta disso, nos apegamos a muitos dos personagens — e somos pegos de surpresa com a morte de vários deles.

Sim, a série é bem ousada nesse sentido de matar personagens importantes, o que é um ponto bastante positivo. Além de dar um realismo maior à trama, essa característica faz com que, nos momentos de risco (que são constantes), realmente sintamos medo de perder os personagens que gostamos mais.

Além disso, os personagens, que são em sua maioria jovens (muitos deles até mesmo adolescentes), crescem bastante ao longo da série, e não apenas fisicamente. Eles amadurecem, adequando-se ao mundo inóspito em que foram obrigados a viver de uma hora para outra.

Personagens femininas fortes

Falando em personagens, a série The 100 tem diversas personagens femininas bastante fortes, determinadas e com papeis de destaque. E o melhor de tudo: não são estereotipadas como acontece em várias séries da atualidade.

Alguns exemplos que convêm citar são a combatente Octavia Blake (Marie Avgeropoulos), a oficial médica Abby Griffin (Paige Turco), a mecânica Raven Reyes (Lindsey Morgan) e, talvez a com maior protagonismo entre elas, Clarke Griffin (Eliza Taylor). Todas têm bastante importância para a trama, são bem construídas ao longo das temporadas e as atrizes que as interpretam entregam ótimas atuações.

Valoriza a diversidade

O item anterior puxa outra ponto forte da série The 100: o fato de ela valorizar bastante a diversidade. Afinal, são 100 personagens enviados à Terra pós-apocalíptica. Seria um pouco forçado se todos fossem brancos e heterossexuais.

Portanto, há personagens de diversas etnias, como asiáticos, latino-americanos e afro-americanos. Além disso, há personagens assumidamente LGBTQ, como a já mencionada protagonista Clarke Griffin, a segunda a se assumir na série. Em outras palavras, você certamente vai se identificar com um ou mais personagens ao longo da série.

Nesse sentido, a série também é bastante pertinente para os dias de hoje por abordar questões como a liderança feminina, questões de gênero e sexualidade, valores como os de união e de companheirismo etc.

Ótima para maratonar na pandemia

Atualmente, a série The 100 já está em sua sétima temporada (embora apenas 6 estejam disponíveis no catálogo da Netflix). As temporadas variam entre 13 e 16 episódios, com uma média de 40 minutos de duração para cada um deles.

Por conta disso, a série The 100 é ótima para se maratonar durante a atual pandemia de Covid-19. Se você é daqueles que gostam de pegar uma série e assisti-la por bastante tempo, The 100 vai atender bem às suas necessidades.

A sétima temporada foi a última, o que significa que a série já tem um final (que, aliás, foi bastante emocionante). O final não foi apressado: ele estava nos planos do criador, Jason Rothenberg, que até mesmo precisou convencer a The CW a finalizá-la em vez de renová-la para uma oitava temporada.

Ou seja, você estará embarcando em uma série que poderá assistir por bastante tempo, acompanhando a progressão de diversos personagens bastante cativantes e, no fim de tudo, ainda terá um final emocionante e bastante coerente. Quer motivo melhor para assistir a The 100?

Gostou dessa matéria? Pois aproveite e confira também:
5 motivos para assistir ao filme ‘Mimi’ na Netflix

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

14 + 1 =