A Samsung está trabalhando em Notebook com tela dobrável

A Samsung está trabalhando em Notebook com tela dobrável

Um representante da Samsung disse ao jornal diário sul-coreano The Korea Herald, durante um evento de demonstração realizado no Pier59 Studios em Seul, Coreia do Sul nesta segunda-feira, dia 22 de outubro de 2018, que a empresa está trabalhando no desenvolvimento de um novo modelo de Notebook com tela dobrável.

Como os smartphones dobráveis, a Samsung está colaborando com fabricantes de telas para desenvolver notebooks com telas dobráveis ​​que não apenas se dobram, mas criam novo valor e experiência do usuário, em meio às tendências de mercado em mudança para notebooks “, disse Lee Min-cheol, vice-presidente em marketing para PCs na Samsung.

O discurso do vice-presidente em marketing para PCs da companhia indica que essa será uma das apostas da Samsung para se diferenciar em um mercado que já não vem trazendo grandes novidades para notebooks há alguns anos. Vale destacar, no entanto, que ainda não ficou claro como a empresa pretende fazer para que as telas dobráveis tenham alguma utilidade para não se tornarem apenas um adicional supérfluo.

Lee divulgou ainda que a gigante da tecnologia está atualmente trabalhando com fabricantes de telas para desenvolver grandes displays AMOLED para notebooks.

Quando questionado pelos repórteres quanto ao negócio de PCs dentro da divisão de comunicações móveis e de TI, Lee disse “A Samsung está vendendo atualmente cerca de 3,2 milhões de PCs por ano, principalmente na Coréia, Estados Unidos, China e Brasil, que cobrem um total de 45% de todo o mercado de PCs. Os PCs desempenham um papel central entre os produtos de TI para aumentar a conectividade com outros dispositivos móveis, por isso continuaremos desenvolvendo PCs inovadores com parceiros como Intel, Microsoft e KT.”.

Vale destacar que o evento da companhia teve como alvo a demonstração do novo modelo de notebook da Samsung, intitulado Flash, devido sua velocidade de até 1,7 gigabytes por segundo.

Fontes: The Korea Herald e Pocketnow

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Fechar Menu