Apple pode lançar headset, óculos e lentes para Realidade Aumentada

A Apple já vem desenvolvendo hardware para realidade aumentada há anos e inclusive já patenteou algumas tecnologias para este propósito. Por exemplo, em 2018, surgiram aplicações de patente para rastreamento de olhos e resfriamento para dispositivos colocados sobre a cabeça.

Mais recentemente, alguns leaks sobre o lançamento desses dispositivos surgiram, e parece que finalmente poderemos vê-los no mercado. Segundo o analista Ming-Chi Kuo, a empresa deve lançar o primeiro equipamento em meados de 2022, seguido por um óculos em 2025 e possivelmente lentes de contato a partir de 2030.

(Imagem: Reprodução/9 to 5 Mac)

Para Kuo, a realidade aumentada(RA) e a realidade mista(RM) serão as próximas tecnologias que definirão a interface homem-máquina dos produtos eletrônicos. Segundo ele, a realidade virtual será restrita a alguns espaços, mas RM e RA se tornarão convencionais no futuro

Headset RA

O primeiro dispositivo que a Apple deve lançar é um headset. A expectativa era a de que este chegasse ao mercado ainda em 2021, mas seu lançamento pode ter sido adiado para meados de 2022. 

Os rumores indicam que os protótipos deste headset pesam entre 200 e 300 gramas, mas o objetivo para o produto final deve ser de menos de 200 gramas. Além disso, os modelos contam com displays micro OLED e módulos ópticos fornecidos pela Sony, criando telas transparentes através das quais o usuário poderá enxergar o mundo.

Entretanto, uma reportagem de fevereiro deste ano anunciou que a TSMC também está desenvolvendo um display de micro OLED para fornecer à Apple. A grande vantagem deste tipo de painel é trazer alta resolução e eficiência num pacote compacto e fino. Dessa forma, o design final pode se manter leve e moderno.

A  empresa TSMC é uma fabricante de semicondutores taiwanesa, parceira da Apple. Ela é conhecida por produzir os chips da série A, presentes em iPhones e iPads, e os novos M1, presentes nos novos MacBooks. 

O headset será um equipamento independente, diferente de fones bluetooth, por exemplo, que precisam estar conectados ao smartphone para funcionar. Para isso, o novo dispositivo de RA terá processador e memória próprios

Um recurso interessante que a empresa pretende implementar é a integração a outros serviços de mídia, como Apple TV+ e Apple Arcade. Este deve ser um dos pontos chave de venda do headset. 

Óculos RA

Já os óculos, que tem sua possível data de lançamento em 2025, são mais complexos e possivelmente ainda estão nas fases iniciais de desenvolvimento. Por essa razão, supõe-se que não há nenhum protótipo do produto ainda. 

Porém, rumores apontam que os óculos utilizarão uma tecnologia desenvolvida pela própria Apple, similar a “waveguides” ópticos. A partir dela, será possível também manter a transparência das lentes, como ocorreu no headset.

Este produto também deve ser um portátil independente, com processador e armazenamento próprios. 

Lentes de Contato

Por último, as lentes de contato ainda pertencem a um futuro longínquo, e não há nenhuma previsão concreta sobre o cronograma de lançamento. A estimativa é que este ocorra entre 2030 e 2040

Por serem tão pequenas, é improvável que as lentes de contato sejam dispositivos independentes, diferente dos óculos e do headset. Além dessa informação, não há maiores detalhes sobre seu desenvolvimento.

O analista Kuo afirma que essas lentes iniciarão uma nova era da tecnologia, transportando o universo dos eletrônicos da “era da computação visível” para a “era de computação invisível“.

Realidade Aumentada

A tecnologia de Realidade Aumentada envolve a integração de informações e imagens geradas por computador com os elementos do mundo real. Bons exemplos da utilização dessa tecnologia são os jogos Pokémon Go e Minecraft Earth, que envolvem a exploração do mundo físico para encontrar os objetos do game. 

Outro exemplo, presente no cotidiano, são os aplicativos de câmeras que, quando apontadas para algum local, fazem aparecer dinossauros, flores e paisagens, encaixando-os na imagem do mundo real.

Isso é diferente da tecnologia de Realidade Virtual, na qual todo o ambiente da imersão é produzido pelo computador. Essa tecnologia também é utilizada em jogos, a partir de dispositivos especializados para VR, como o Oculus Rift ou o HTC Vive

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Pois nos siga no Twitter e tenha acesso em primeira mão a todas as postagens aqui do Tech News Brasil!

Fonte: Apple Insider

Formado em Jornalismo, atua como redator de notícias desde 2017 escrevendo sobre games e tecnologia. Também é Co-Fundador da Crenix Games, empresa de jogos digitais de Curitiba onde exerce uma de suas paixões: Design de Narrativas para Games.
FacebookLinkedinWikipédia

Deixe seu comentário

um × 1 =