Aumento de preços em smartphones Xiaomi se aproxima

Apesar de bons números em vendas, o aumento de preços em smartphones Xiaomi parece estar próximo. Pelo que destacou o presidente da empresa, Wang Xiang, a possibilidade não está descartada.

Assim, é possível que o custo de alguns modelos da empresa suba para os consumidores. A principal razão é a escassez de microchip observada no mercado.

Aumento de preços em smartphones Xiaomi
Aumento de preços em smartphones Xiaomi se aproxima (Imagem: Flickr / Geek Kazu)

Aumento de preços em smartphones Xiaomi se aproxima

Mesmo sem uma confirmação oficial, o aumento de preços em smartphones Xiaomi é uma possibilidade para os próximos meses.

O presidente da gigante chinesa afirmou que, assim como outras empresas, a dificuldade na produção e manutenção de preços com a pandemia pode aumentar custos da empresa. Com isso, o aumento reflete no valor final, pago pelo consumidor.

Por outro lado, até o momento, não há uma expectativa de quando isso vai acontecer. Mas as projeções para o mercado são de que isso aconteça logo.

Escassez de componentes é a principal razão

De acordo com a empresa, o aumento no valor dos smartphones se deve à escassez global de microcircuitos. Há pouco tempo, a Xiaomi se posicionou indicando que a falta de processadores para celulares talvez afetasse sua linha de produção.

Dessa forma, a falta de componentes acaba gerando um custo de produção mais elevado, além de menor disponibilidade de aparelhos.

Ainda de acordo com a empresa, a maior falta é do chip Qualcomm, usado em diversos smartphones Xiaomi. Além disso, não há projeções de que a situação melhore significativamente durante a pandemia.

Vale destacar que o aumento de preços em smartphones Xiaomi também se deve pela falta de uma grande margem de lucro, como acontece com outras marcas.

A empresa ainda afirmou que manterá os esforços para manter os melhores preços, característica pela qual se destacou no mercado, para o consumidor final.

Reflexo da escassez afeta outras empresas

Contudo, o aumento de preços não deve ser exclusividade da Xiaomi. O atraso na entrega de componentes da Qualcomm também afeta outras empresas.

Isto é, além da gigante chinesa de celulares, os chips da Qualcomm também são utilizados por fabricantes como Realme, Samsung e One Plus, por exemplo.

Por outro lado, o aumento nos valores deve afetar ainda mais a Xiaomi. Considerando que um dos maiores atrativos da empresa é a oferta de preços mais baixos, eventuais aumentos podem afetar as vendas de smartphones.

Apesar de não ser crítica, a situação ainda pode piorar. Até o momento, com poucas informações e detalhes da situação, as projeções indicam que o aumento pode acontecer ainda este ano.

 

Aproveite também para seguir o Tech News Brasil no Twitter. Lá você fica por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento em primeira mão!

Fonte: MySmartPrice

Redator da WebGo Content. Especialista em comunicação para internet, com experiência de 04 anos em SEO e Marketing Digital. Apaixonado por tecnologia, comunicação, música e games.
InstagramLinkedinTwitter

Deixe seu comentário

um × três =