Bitcoin desvalorizou mais de 50% nos últimos meses

Bitcoin desvalorizou mais de 50% nos últimos meses

Uma das características mais conhecidas do Bitcoin é a instabilidade, já que apesar de bastante valioso, o valor unitário da moeda oscila bastante tanto para baixo como para cima. A tendência dos últimos meses, entretanto, é de uma queda significativa, desde que atingiu a sua maior alta história, batendo a casa dos US$ 19,2 mil em dezembro de 2017, a moeda virtual já desvalorizou mais de 50%.

De sexta feira as 17hrs (horário de  Nova York) para hoje a criptomoedas desvalorizou cerca de 12% e está sendo negociada em US $ 6.770,79, trazendo sua queda este ano para 53%.

Bitcoin desvalorizou mais de 50% nos últimos meses
Variação do valor do Bitcoin ao longo do último ano de acordo com o CoinMarketCap

 

No entanto, em 10 de junho de 2017, o Bitcoin custava US$ 2,8 mil, indicando assim uma valorização de 240% em apenas um ano. Em suma, apesar dos valores e dos gráficos indicarem uma baixa, ainda é possível dizer que a criptomoeda mais famosa do mundo continua bastante valorizada quando o comparativo leva em conta o seu histórico de apenas um ano atrás.

Parte das razões para a queda do valor do Bitcoin  e de todo o mercado de criptomoedas tem a ver, também, com o hack da exchange Coinrail realizado na Coreia do Sul. Segundo indica o Bloomberg, esse evento teria gerado perdas de US$ 42 bilhões em todo o mercado de criptomoedas em questão de horas.

Em relação ao valor geral do mercado, atualmente ele gira em torno de US$ 298 bilhões. Em janeiro, quando estava em alta a soma do valor de mercado de todas as criptomoedas valiam cerca de US$ 830 bilhões.

Fontes: CoinMarketCap e Bloomberg

Bitcoin desvalorizou mais de 50% nos últimos meses
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

Fechar Menu