Câmera de segurança utiliza AI para detectar armas e criminosos

Atualmente as câmeras de segurança e os sistemas de alarme são implementados com intuito de inibir, registrar e documentarem crimes e ações criminosas para análise após um crime já ter sido cometido. No entanto a Startup Athena Security criada por Lisa Falzone e Chris Ciabarra, fundadoras da Revel Systems, desenvolveu um sistema de câmeras que usa inteligência artificial para reconhecer comportamentos violentos ou criminosos.

As câmeras da Startup Athena Security foram desenvolvidas com intuito de prevenir e impedir crimes através de um sistema que utiliza inteligência artificial para reconhecer movimentos perigosos e ações ameaçadoras, para agilizar a ação policial e evitar vítimas.

Segundo Lisa Falzone o sistema de visão computacional utilizado nos dispositivos apresentam 99% de precisão e ainda podem enviar um alerta diretamente para a polícia, se estiver configurado para isso, fornecendo imagens em tempo real por meio de um aplicativo.

Foi destacado ainda que os sistemas mais avançados da Athena, são capazes de sincronizar com sistemas de terceiros para trancar portas, suspender elevadores ou se comunicar diretamente com as pessoas no local.

Inicialmente o dispositivo está sendo lançado apenas com detecção de armas, mas de acordo com sua cofundadora e CEO Falzone, logo ele será capaz de reconhecer e detectar também brigas, facas e outros movimentos perigosos, uma vez que estão trabalhando para aperfeiçoar a tecnologia.

A companhia oferecerá três modalidades diferentes do serviço, sendo uma mais básica para identificar apenas pessoas, uma intermediária para identificar pessoas e placas de veículos e uma mais avançada que identifica pessoas, placas, armas e brigas.

Fontes: Fortune e Athena

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário