Começar um Canal no Youtube – 5 Passos ESSENCIAIS para Ter Sucesso na Plataforma

Está pensando em criar um canal no YouTube, mas não faz ideia do que esperar? Pois, para ajudá-lo neste processo rumo a um canal de sucesso, preparamos esta lista com 5 dicas essenciais para ter sucesso na plataforma do YouTube!

Para a lista de hoje, fugimos de algumas dicas óbvias, como: “invista em câmeras e microfones de qualidade” e blá blá blá. Isso é óbvio, mas inviável para alguém que está começando agora.

Dicas para criar um canal no YouTube

Em vez disso, optamos por dicas que podem ser aplicadas independente do orçamento do canal, passos que podem ser tomados tanto por iniciantes quanto por aqueles que já estão inseridos no YouTube, mas que não conseguem fazer seus canais crescerem.

Sem mais delongas, vejamos os 5 Passos ESSENCIAIS para ter sucesso na plataforma do YouTube!

1. Foque seu canal no YouTube em determinado nicho

Esta talvez seja a dica mais importante na hora de se pensar em criar um canal no YouTube: focar o seu canal em um determinado nicho. Ou seja, nada de criar um canal que fale sobre tudo: sobre filmes, jogos, música, culinária, arte, filosofia etc.

Não tendo um nicho específico, você jamais conseguirá construir uma base de fãs. Vamos supor que seus dois primeiros vídeos sejam sobre culinária. Com estes dois vídeos, você atraiu X pessoas fãs de culinária, que se interessaram por você e pelo seu canal. Aí vamos supor que seu terceiro vídeo é sobre um assunto totalmente aleatório, como a “desconstrução do Sonho Americano em As Vinhas da Ira, de John Steinbeck. Você acha que os fãs de culinária vão se interessar por esse conteúdo? É claro que não: eles vão é procurar outro canal que seja focado nos assuntos de interesse deles!

Tentar agradar ou atrair a todos resultará em não agradar nem atrair ninguém. Tenha em mente desde o início qual será o foco de seu canal, e mantenha-se fiel a ele.

Caso você incie um canal de games, mas ao longo do tempo também comece a se interessar por jardinagem, em vez de juntar tudo num só canal, crie um segundo canal, agora focado em jardinagem, mas mantendo o seu de game. Não misture as coisas!

Já ouviu falar do Youtube Kids? Confira tudo a respeito dele e garanta a segurança de seu filho enquanto este navega pelo YouTube clicando aqui!

2. Esteja preparado para compartilhar seus vídeos e interagir na plataforma com outros canais no YouTube

É óbvio que, no começo, seu canal será minúsculo, por melhor que ele seja. Seu primeiro passo na plataforma, além da postagem de vídeos, será o de compartilhar seu canal com sua rede de contatos. Isso inclui amigos, familiares, conhecidos, colegas de trabalho etc.

Obviamente nem todos gostarão e nem todos acompanharão seu canal de perto, mas não os culpe por isso. Nem todo mundo se interesse pelos mesmos assuntos. Não adianta tentar compartilhar um canal de literatura com alguém que nunca leu um livro na vida: as chances de ele não gostar do conteúdo são grandes.

Em vez disso, tente atrair para o seu canal pessoas que você acredita que possam se interessar pelos mesmos assuntos que você e genuinamente tornar-se fã do seu canal.

Logo do YouTube

E é aí que o engajamento na plataforma do YouTube entra: interaja com outros canais semelhantes ao seu! Mas não apenas dizendo “aí cara, se inscreve no meu canal, na humilda…”. Mas realmente contribuindo com o crescimento de outros canais a fim de que eles possam fazer o mesmo por você.

Por exemplo, se o seu canal é de música, vá em vídeos de canais semelhantes ao seu e dê dicas, críticas construtivas, sugestões, elogios etc. As chances de você ser notado não só pelo canal, mas também pelos assinantes desse canal são muito grandes.

3. Não perca de vista os detalhes!

Quando alguém cria um canal no YouTube, a principal preocupação dessa pessoa é o vídeo, em si. Ou seja, a qualidade da imagem, do som, do próprio visual etc. Mas não é apenas a isso que é importante atentar-se!

Também é fundamental prestar muita atenção e ter muito cuidado com o título do vídeo, com a thumbnail, com o nome e com a capa do canal, com as hashtags etc. De nada adianta o conteúdo do seu vídeo ser maravilhoso, mas o título ser pouco chamativo e a thumbnail ser confusa e sem sentido.

Ao criar seu canal e começar a produzir seu conteúdo, invista não só no vídeo, mas também em todos os detalhes relacionados ao seu canal.

As hashtags, por exemplo, são mais importantes do que parecem. O YouTube não vai assistir seu vídeo: ele vai conhecer seu conteúdo por meio das hashtags, das palavras-chave, daquilo que você está falando em vídeo etc.

4. Produza conteúdos de qualidade!

Mas, obviamente, você também não pode deixar de investir em conteúdo. Os detalhes, como a thumbnail, o título, o nome do canal etc. vão atrair o público. Mas o que vai decidir se o público vai ou não permanecer em seu canal é o conteúdo.

Seu conteúdo precisa ser consistente, no sentido de manter um certo padrão ao longo do tempo, mas também de qualidade, autêntico, útil. Reflita: o tópico do seu vídeo vai ter alguma utilidade para a vida de alguém? Vai fazer alguém rir, se emocionar, refletir sobre alguma coisa etc.? Caso não, pense: por que alguém veria seu vídeo com tantas outras opções melhores por aí?

Tendo sucesso no YouTube

Outra coisa muito comum é o novo criador imitar YouTubers grandes e já de sucesso. Por exemplo: imitar completamente o jeito de falar, de se vestir, as piadas etc. de algum YouTuber grande de humor. Mas aí fica a pergunta: se o público já tem o YouTuber em questão para assistir, por que as pessoas perderiam tempo assistindo a sua imitação?

O que você pode — e deve — é inspirar-se nestes criadores de conteúdo de sucesso, ver o tipo de conteúdo que eles estão fazendo, observar as estratégias que eles utilizam etc. e, com base nisso, produzir um conteúdo novo, único, que seja só seu. E, principalmente, um conteúdo com um toque seu, não apenas uma cópia de algo que outra pessoa já fez.

Para isso, obviamente você precisará de muito estudo e de muita dedicação. Criar um conteúdo de qualidade definitivamente não é uma tarefa fácil!

Gosta de música? Sabia que o YouTube tem um serviço de streaming de música? Confira os detalhes do YouTube Music clicando aqui!

5. Simplesmente comece seu canal no YouTube!

Esta pode parecer uma dica óbvia, que está na lista apenas para “encher linguiça”, mas não é o caso. Planejamento é ótimo, mas colocar a mão na massa também é importantíssimo.

Muitos que sonham em ter um canal no YouTube ficam adiando o primeiro vídeo, mas ele é essencial. Basta refletir: há quanto tempo que você já está adiando o pontapé inicial na plataforma? Se você já está com essa ideia na mente há mais de um mês, por exemplo, mas ainda não fez nenhum vídeo, você perdeu um mês de experiência que poderia estar adquirindo na prática.

Seu primeiro vídeo pode até não ficar perfeito, mas você ao menos começará a postar conteúdo na plataforma e, com isso, terá o que oferecer aos seus futuros assinantes. Na verdade, certamente seu primeiro vídeo será o seu pior vídeo, pois todos os demais estarão cada vez mais profissionais. Então não precisa adiar tanto!

Além disso, você aprenderá e muito ao longo do processo de postagem de vídeos. Não há uma fórmula mágica para fazer sucesso no YouTube. Cabe a você conhecer o seu próprio perfil e, principalmente, o perfil do seu público (ou futuro público) e construir seus vídeos a partir deles.

Quer mais listas como esta? Pois confira nossa seção voltada para as principais redes sociais do momento clicando aqui!

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

11 + cinco =