Como rastrear celular com a Conta Google? Salvação para celular roubado ou perdido

Ter um smartphone é algo mais do que obrigatório nos dias de hoje, na verdade, é como se fosse uma parte do corpo humano, visto a grande quantidade de possibilidades, ferramentas e serventias ali existentes.

Mas, com a violência existente em nosso país, há quem tenha medo de perder ou até mesmo ter o seu tão estimado aparelho, roubado. Mas, você sabia que existem algumas maneiras de conseguir rastrear o mesmo, em ambos os casos?

Veja abaixo como conseguir efetuar essa ação por meio de sua Conta Google, como funciona, como você pode fazer de uma maneira fácil e simples, sem demais burocracias.

Como rastrear celular com Conta Google?

Caso tenha perdido seu smartphone ou tablet Android, ou até mesmo seu relógio Wear OS, você possui três opções: encontrar, bloquear ou fazer a limpeza do mesmo. Caso tenha uma conta do Google adicionada ao dispositivo, a opção “Encontre Meu Dispositivo” é ativada de forma automática. Para conseguir realizar qualquer uma das três opções apresentadas anteriormente, é necessário que:

  • O dispositivo esteja ligado;
  • Que esteja conectado em uma conta do Google;
  • Que esteja conectado com os dados móveis ou por meio de uma rede Wi-fi;
  • Esteja visível no Google Play;
  • Com a localização ativada;
  • E com a opção “Encontre Meu Dispositivo” ativada.
  • Caso use o seu smartphone que está perdido na opção duas etapas, precisará ter outro telefone ou um código alternativo.

Como realizar os procedimentos?

Quer saber como executar alguma das três ações apresentadas anteriormente? Veja abaixo como fazer, por meio de um passo a passo simples:

  1. Acesse o link https://android.com/find e então faça login com a conta Google vinculada ao aparelho perdido/roubado. Caso tenha mais de um aparelho ali cadastrado, selecione aquele que tem interesse na parte superior da tela;
  2. Caso o aparelho em questão possua mais de um perfil de usuário, é possível fazer o login por meio de uma Conta do Google que esteja localizada no perfil principal;
    Como realizar os procedimentos?
  3. Depois disso, o aparelho receberá uma notificação;
  4. No mapa, você verá informações sobre onde o aparelho está localizado – é válido lembrar que a localização é aproximada, e não exata;
  5. Caso não apareça a localização atual, você poderá ver o último local que foi registrado o mesmo;
  6. Agora, será necessário escolher o que você quer fazer com o aparelho, seja “Ativar o bloqueio” ou fazer a “Limpeza” do mesmo.

As opções existentes são:

  • Reprodução de som: o smartphone tocará no volume máximo pelo tempo de cinco minutos, mesmo que esteja colocado no modo silencioso ou de vibração;
  • Proteger dispositivo: fará o bloqueio do smartphone com seu PIN, padrão ou senha específica. Caso não exista a opção de bloqueio no aparelho, você tem a chance de configurar um em específico. Se você desconfia que o telefone foi pego por engano, é possível configurar uma mensagem ou um número de telefone na tela inicial, de modo que entre em contato com o indivíduo;
  • Limpar dispositivo: essa opção exclui de forma definitiva todos os dados existentes do smartphone, mas não os dados existentes no SD. Depois que fizer a limpeza do smartphone, a opção “Encontre Meu Dispositivo” irá desaparecer das possibilidades.

Caso encontre seu aparelho depois de ter feito a limpeza, você vai precisar de sua senha da Conta Google para poder usar de novo.

Vantagens do rastreio da Conta Google

Você nunca imaginou que seria possível fazer esse procedimento de um jeito tão fácil e simples, não é mesmo? Essa tecnologia já existe faz algum tempo, sendo necessário apenas ativar algumas configurações e ferramentas para conseguir usar o quanto antes.

As vantagens desse rastreio vão muito além de apenas nos casos em que é roubado e ainda existem as chances de ser encontrado, mas também para aquelas pessoas que possuem a mania constante de perder o telefone ou até mesmo esquecer em algum lugar.

Ao ativar a localização do mesmo, você tem a chance de ouvir onde ele estar, verificar o local que esqueceu e assim, ir até lá para garantir que possa resgatar o quanto antes.

E nos casos mais graves, dos quais não se há a expectativa de resgate, é possível apagar demais dados ali contidos no aparelho, protegendo sua privacidade, suas fotos, seus arquivos, seus dados e tudo de importante que estiver registrado no aparelho perdido.

Marcela Mazetto
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário