Disney+ – Mulan chega ao catálogo no Brasil, em 04/12, sem custos extras

Segundo Diego Lerner, presidente da Disney na América Latina, Mulan vai chegar ao catálogo do Disney+ no Brasil no dia 04 de dezembro de 2020. E o melhor: sem nenhum custo adicional para os assinantes do serviço.

Lembrando que a Disney lançou Mulan no Disney+ nos EUA em 04 de setembro. A estratégia da empresa surpreendeu os fãs e os investidores. Isso porque Mulan foi o primeiro grande lançamento a ser disponibilizado primeiro em um serviço de streaming, e não mais no cinema.

No lançamento, os já assinantes do Disney+ precisaram pagar uma espécie de ingresso virtual. Nos EUA, o preço para se assistir à produção em sua data de estreia foi de US$ 29,99.

No Brasil, três meses depois da estreia, Mulan chega gratuitamente aos assinantes do Disney+. Ou seja, não vai ser preciso pagar nenhuma taxa adicional para ter acesso à produção.

Pode parecer muito, mas três meses para uma produção do nível de Mulan chegar a um serviço de streaming é pouco tempo. Filmes anteriores da Disney, como O Rei LeãoStar Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker, por exemplo, levaram mais de 6 meses para integrar o catálogo do Disney Plus.

Sobre Mulan

Mulan, lançado em 2020, é uma versão live-action da animação clássica de mesmo nome produzida pela Disney em 1998. A história é uma adaptação da lenda chinesa de Hua Mulan, sobre uma heroína que se disfarça de guerreiro e se une a um exército totalmente masculino.

A versão em live-action traz a atriz sino-americana Liu Yifei no papel de Fa Mulan, a personagem principal do filme. A personagem é a filha mais velha de Hua Zhou, lendário guerreiro.

Mulan desafia a tradição milenar de seu povo ao se disfarçar de guerreiro e se juntar ao Exército Imperial, exclusivamente masculino, para defender seu pai doente, assim como na lenda chinesa original.

Mulan chega ao catálogo do Disney+ no Brasil no dia 04/12
(Imagem: Divulgação/Disney)

O lançamento original do filme estava previsto para o dia 27 de março de 2020. Entretanto, por conta da pandemia de Coronavírus, a Disney adiou o lançamento, que só veio a acontecer no dia 04 de setembro, exclusivamente no Disney+.

O filme foi recebido ligeiramente bem pelo público em geral. Alguns críticos, entretanto, criticaram a falta de aprofundamento na história por parte da versão em live-action, mas ressaltaram a beleza visual do filme.

Catálogo do Disney+ – Será que vale a pena assinar este serviço de streaming?

No dia 16 de agosto de 2019, entretanto, uma declaração por parte de Liu Yifei, atriz que interpretou a protagonista do filme, causou uma repercussão negativa na internet. A atriz defendeu nas redes sociais a ação de policiais acusados de agirem brutalmente contra manifestantes pacíficos nos protestos de Hong Kong.

Lançamento do Disney+ no Brasil

A Disney vai lançar o seu serviço de streaming no Brasil no dia 17 de novembro deste ano. O Disney+ vai ter uma assinatura mensal de R$ 27,90 ou uma assinatura anual de R$ 279,90.

O serviço chega ao Brasil abalando o mercado de streaming. Com um preço bastante competitivo, o Disney+ vai reunir as produções de diversos estúdios pertencentes à Disney. Como, por exemplo, os filmes e séries da Marvel, da Lucasfilm, da Pixar, da Fox, da National Geographic etc.

Disney+: divulgada a programação oficial dos canais Disney antes do lançamento do serviço no Brasil!

Além disso, pelo preço de R$ 27,90/mês, os assinantes vão poder assistir as produções em até 4K e em até 4 telas simultâneas. Estes recursos só estão disponíveis na Netflix, por exemplo, no plano de assinatura mais caro.

Disney+ chega ao Brasil no dia 17 de novembro
(Imagem: Divulgação/Disney)

A Disney está investindo bastante no lançamento do serviço aqui no Brasil. Ela já firmou uma série de parcerias, como a parceria com a Globo, permitindo que os assinantes peguem um combo de Globoplay + Disney+. Ou os meses grátis que usuários do Mercado Livre ou assinantes do Xbox Game Pass Ultimate podem conseguir.

Globo vai exibir os dois primeiros episódios da série original Disney +, The Mandalorian, na Tela Quente!

Alexandre Garcia
Redator da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês e pós-graduando em Teoria da Literatura pela PUC-PR, tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.

Deixe seu comentário