Entenda porque Spiderhead tem dividido a opinião dos assinantes da Netflix

Entenda porque "Spiderhead", filme estrelado por Chris Hermsworth, tem dividido opiniões e desagradado a maior parte do público da Netflix.

Desde que estreou na Netflixna última sexta-feira (17), o filme de ação estadunidense Spiderhead” tem estado em alta nas redes sociais. Viabilizado através de uma parceria da gigante de mídia com o ator australiano Chris Hermsworth(Thor; Resgate), o longa se apresenta como uma das principais apostas do streaming para 2022 – período onde a marca se propôs a lançar ao menos um grande filme por semana.

Ao misturar pitadas de ação com uma ficção científica que promete tirar o fôlego, a maior parte do longa se passa em uma prisão de alto nível onde os detentos se voluntariam a diversos experimentos científicos, e apesar da premissa instigante – que torna o público de assinantes mais propenso a dar o play – o longa tem dividido bastante a opinião dos usuários.

Na plataforma de compilação crítica Rotten Tomatoes, o longa chegou a conquistar 34% de aprovação do público, o que significa que a maioria massiva dos assinantes da plataforma não tiveram um saldo positivo ao assistir ao filme. Pensando nisso, o Sobre Sagas selecionou alguns motivos pelos quais Spiderhead” tem repercutido de forma tão dividida nas redes. Entenda:

“Spiderhead” tem uma boa premissa…

Entenda porque Spiderhead tem dividido a opinião dos assinantes da Netflix
Premissa de “Spiderhead” chama a atenção do público (Imagem: Divulgação/Netflix).

Antes de mais nada, é necessário salientar que um dos grandes acertos de Spiderheadestá em sua premissa. Não é atoa que a maior parte do público que assista ao trailer ou leia a sinopse do longa tenha bastante interesse em assistir ao filme pela sua proposta instigante. A ideia de explorar as consequências de um experimento científico em pessoas vulneráveis atiça a curiosidade do público e pode até mesmo garantir um grande número de visualizações no catálogo do streaming, mas infelizmente, não é capaz de garantir sua qualidade.

Mas o desenvolvimento não chega lá

Spiderhead
Apesar do seu desenvolvimento saltar aos olhos, filme não entrega o que promete (Imagem: Divulgação/Netflix).

Após criar – com razão – altas expectativas para assistir Spiderhead” na Netflixtêm sido comum que o público da plataforma se desanime cada vez mais com uma produção que, a princípio, tinha tudo para dar certo. Ao não se entregar completamente ao seu lado curioso e investigativo, o ímpeto da narrativa se perde em uma série de micro conflitos que vão de lugar algum para lugar nenhum. Ao chegarem no final, a experiência é coroada com um encerramento previsível que apenas faz sentido se analisado o declínio da narrativa que o próprio filme se prende.

A grande falha no roteiro

“Spiderhead” erra ao não explorar diferentes reflexões propostas pela sua premissa (Imagem: Divulgação/Netflix).

Como já dito anteriormente, Spiderhead” não faz jus à sua premissa inicial por não garantir que as expectativas criadas pelo seu enredo se mantenham consistentes por todo o filme. Aqui, contudo, vale salientar que essa não é a única falha do seu roteiro. Ao não desenvolver seus arcos de forma escalonada, o filme acaba cortando pela raiz diversas reflexões que fazem o público ter interesse por sua trama – como experimentos científicos envolvendo detentos e a ética científica nesse tipo de procedimento. Ao se entregar a um mar de clichês onde nada para além da ação importa, o longa perde a oportunidade de marcar seus expectadores pelas reflexões acerca da trama e se entrega, mais uma vez, ao mar de ostracismo que é sua trama.

Chris Hermsworth sustenta o que resta do filme

Chris Hermsworth é um dos grandes acertos da produção (Imagem: Divulgação/Netflix).

Se por um lado o roteiro de Spiderhead” não é capaz de sustentar as expectativas de sua própria premissa, é Chris Hemsworth quem se apresenta como um dos maiores acertos do filme. Ao fugir do arquétipo de herói em que ele é comumente visto, o ator se destaca por entregar um personagem instigante e cheio de artimanhas. Seu talento como ator de ação já é conhecido, mas aqui, ele inova uma vez mais ao entregar um personagem que consegue ser misterioso, atrativo instigante mesmo em um roteiro que não o valorize.

Comparações com o conto dão o que falar

Comparações de "Spiderhead" com seu conto de origem geram diferentes repercussões (Imagem: Divulgação/Netflix).
Comparações de “Spiderhead” com seu conto de origem geram diferentes repercussões (Imagem: Divulgação/Netflix).

Outro ponto que nem todos sabem, mas também divide opiniões ao se tratar do filme, é que Spiderhead” é baseado em um conto publicado no jornal New Yorker, que você consegue ter acesso através desse link. A esse respeito, os assinantes que já conheciam o texto tendem a se sentir ainda mais decepcionados com os resultados entregues pela Netflixque ao tentar ampliar o enredo proposto pelo jornal, recorre a elementos de outros gêneros que não encontram síntese nessa produção – que apesar de prometer muito, entrega bem pouco aos seus espectadores.

Assista ao trailer de “Spiderhead”:

Você pretende assistir Spiderhead” na NetflixSe já assistiu, quais foram suas impressões sobre o filme? Compartilhe suas opiniões com a gente nas redes sociais, e para ficar por dentro dos principais lançamentos da plataforma e os longas que dividem a opinião do público, continuem frequentemente conectados aqui e nas páginas oficiais do Sobre Sagas!

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Criador de conteúdo da área desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário