Eternos | Conheça Tiamut, o Celestial que nasceria no filme

Apesar de não ter conseguido nascer em "Eternos", Tiamut é um Celestial já bastante conhecido pelos fãs do universo Marvel nos quadrinhos.

Eternos: Sersi impede que Tiamut

Um dos filmes mais aguardados do ano já está em exibição nos cinemas! O longa Eternos“, dirigido por Chloé Zhao, é um dos filmes que mais fogem aos preceitos criados pela Marvel em suas produções anteriores e, ainda assim, é capaz de introduzir dez novos heróis superpoderosos ao contexto do Universo Cinematográfico da Marvelque agora tem seu lado cósmico explorado com propriedade.

Entre as entidades apresentadas pelo filme, os Celestiais chamam a atenção pelas suas funções na criação de galáxias e, consequentemente, na aniquilação de planetas. No terceiro ato do longa, em específico, é Tiamut quem ganha destaque ao surgir como uma ameaça para a vida humana na Terra, que deixaria de existir para dar origem ao Celestial.

Como a históriade fundo de Tiamut e suas referências ao universo dos quadrinhos podem não ter ficado claras no filme, o Sobre Sagas se debruçou um pouco mais nas questões sobre quem é o personagem no contexto do MCU e no universo da Marvel  nos quadrinhos. Confira:

Eternos: Quem é Tiamut no filme?

Eternos
Eternos: filme mostra nascimento de um novo Celestial (Imagem: Reprodução/Marvel).

Apesar de citá-los logo em sua sequência de abertura, quando a história do universo é contada através de uma nova ótica, os Celestiais são personagens secundários no enredo de Eternos“. Apesar de diversos deles terem sido mostrados enquanto Arishem, o Juíz guia Sersi por uma jornada sobre sua verdadeira missão na Terra,  apenas dois são devidamente citados pelo enredo do filme: o próprio Arishem e Tiamut, que nasceria do planeta Terra se tudo ocorresse como planejado.

Arishem é o Celestial que mais ganha destaque no desenvolvimento de “Eternos” (Imagem: Reprodução/Marvel).

Tudo muda, entretanto, quando os Eternos decidem se virar contra a vontade de Arishem para impedir que o Planeta Terra continuasse existindo. De acordo com o que é explicado, foram plantadas sementes de Celestiais em diversos planetas pelo universo, e quando esses planetas atingiam a quantidade o suficiente de vida inteligente para germinar a entidade, toda a população local era aniquilada para que novas formas de vida pudessem existir.

O terceiro ato do filme é quase todo focado no fenômeno descrito como Emergência, onde Tiamut nasceria do centro da Terra e destruiria o planeta. Seu nascimento começa a acontecer e os espectadores conseguem ver, até mesmo, algumas partes do seu corpo, como seus dedos, a palma de sua mão e um pedaço de sua cabeça – todas reluzentes como ouro. Tudo muda, entretanto, quando Sersi drena energia da palma do Celestial para petrificá-lo e, assim, impedir o seu nascimento.

Eternos: Sersi canaliza poder da palma de Tiamut para formar a Unimente e petrificar o Celestial (Imagem: Reprodução/Marvel).

Apesar de Arishem evidenciar que o nascimento de Celestiais é essencial para a criação de novas galáxias e formas de vida em diferentes partes do universo, ele não descreveu quais seriam as características e a função de Tiamut no Universo MarvelA resposta para isso, entretanto pode estar nos quadrinhos da marca, onde o Celestial  chega a existir sem precisar de aniquilar com toda a vida humana na terra.

Quem é Tiamut nos quadrinhos da Marvel?

Tiamut de Eternos na Marvel Comics
Tiamut: ao contrário do filme, Celestial já existe nos quadrinhos (Imagem: Reprodução/Marvel).

Nos quadrinhos publicados pela Marvel Comics, Tiamut é conhecido por dois nomes: Tiamut, o Comunicador O Celestial Sonhador. Seu primeiro nome está relacionada a sua função inicial nos quadrinhos, que era de comunicar ao Fulcro sobre as descobertas dos demais Celestiais e coletar a força vital agregada de vários planetas – onde sua função se aproxima bastante do que se vê em Eternos”.

Nos quadrinhos ele chega a ter conflitos com o próprio Arishem, que interrompe a colheita de vidas na Terra poucos minutos antes dela começar, o que leva Tiamut a acreditar que seu colega Celestial está inválido e partir para o conflito. Outras entidades acabam interferindo na luta e Tiamut é abatido e preso sob as montanhas da Terra.

Nos quadrinhos da Marvel, Tiamut chega a lutar contra o próprio Arishem (Imagem: Reprodução/Marvel).

Celestial, então, fica aprisionado em uma região montanhosa próxima de San Francisco, nos EUA, até 1906, quando um terremoto danifica sua câmara. Sabendo dos perigos da Ascenção de Tiamut, os Eternos se unem e utilizam a Unimente para consertá-la. É nesse momento, inclusive, que Sprite descobre que pode canalizar a energia de um Celestial para finalmente poder crescer, tal como acontece no filme.

Em eventos futuros Tiamut chega a ser novamente despertado e, quando a Horda  ameaça novamente o planeta Terra, o Celestial intervém e implora a Fulcrum para que a vida humana seja poupada. E assim acontece quando Fulcrum percebe o senso de justiça e propósito do Celestial, fazendo com que ambos partissem juntos e deixassem o planeta em seu estado natural.

Tiamut Eternos
Marvel Comics: Tiamut é despertado próximo da cidade de San Francisco, nos EUA (Imagem: Reprodução/Marvel Comics).

Na mitologia da Marvelacredita-se que Tiamut seja um dos Celestiais mais poderosos dos quadrinhos, chegando a ser temido pelo próprio Galactus, entidade poderosa das HQs. Futuramente, é citado queCelestial morre por um dos Exterminadores durante uma de suas tentativas de atacar o multiverso.

CONFIRA Também:
Eternos | Ikaris realmente morreu? Entenda a relação com lenda de Ícaro

O que você achou de Tiamut no contexto de Eternos“? Acredita que o Celestial será trabalhado no futuro do Universo Cinematográfico da MarvelCompartilhe suas expectativas com a gente em nossas redes, e para mais novidades sobre o filme, fiquem ligados aqui no Sobre Sagas!

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Criador de conteúdo da área desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário

três × um =