FALCÃO E O SOLDADO INVERNAL | Primeiro episódio e o legado do Capitão América

Falcão e o Soldado Invernal estreou nesta sexta-feira (19). A nova série da Marvel para o Disney Plus promete ser um sucesso tão grande quanto sua antecessora, WandaVision, que se tornou uma das séries mais assistidas do streaming.

A Disney lançou apenas um episódio em sua semana de lançamento, que abriu mais questões do que respondeu. Mas, diferente da série da Feiticeira Escarlate, Falcão e o Soldado Invernal traz de volta a estética padrão da Marvel. O episódio já começa com cenas de ação que lembram os filmes do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU).

O conceito de reintroduzir personagens que antes eram coadjuvantes parece ser uma estratégia que está dando certo para o MCU. Os personagens que agora são as grandes estrelas da série, Sam Wilson e Bucky Barnes, apenas apareciam em contraste com os personagens principais, como, por exemplo, Steve Rogers, Natasha Romanoff, entre outros.

Agora é a vez deles se colocaram embaixo dos holofotes. Com Wanda e Visão, ao menos, deu certo, e agora é a vez da nova dupla de heróis.

A grande pergunta que rondava a série era se Sam iria oficialmente assumir o escudo do Capitão América. Porém, logo no primeiro episódio já entendemos o motivo da série ser Falcão e o Soldado Invernal e não Capitão América e o Soldado Invernal.

O primeiro capítulo da nova série serve apenas como uma grande introdução para uma história que vai ser muito maior. Basicamente, vemos Sam Wilson e Bucky Barnes lidando com o que veio após os eventos de Vingadores: Ultimato.

Por isso, o Tech News separou um pouco do que foi apresentada sobre os dois personagens principais da série. Essas informações serão o pontapé inicial para toda a trama de Falcão e o Soldado Invernal. Confira abaixo:

Sam Wilson

Falcão e o Soldado Invernal

A série começa quatro meses depois dos eventos de Ultimato, onde bilhões de pessoas simplesmente reapareceram após muito tempo longe. Não é de se estranhar que o mundo esteja caótico e que as pessoas não estejam sabendo lidar com o que aconteceu.

Sam Wilson, personagem interpretado por Anthony Mackie, era um desses que desapareceram com o estalo de Thanos. E, como vimos no último filme dos Vingadores, ele já retornou se juntando à equipe de heróis para a luta final contra o vilão.

No desfecho da trama de Ultimato, vimos Steve Rogers passar o escudo de Capitão América para Sam. Em Falcão e o Soldado Invernal, vemos o personagem triste e atordoado guardando o escudo enquanto reflete sobre as palavras de Rogers ao transferir o legado para ele.

Logo depois vemos Wilson em um avião da Força Aérea dos Estados Unidos já trajado como o Falcão. Ele está investigando uma organização criminosa que tinha sequestrado um oficial. Como é de praxe, o herói é solicitado para um trabalho com o qual os militares não conseguem lidar.

E é nesse ponto que vemos a Marvel sendo Marvel novamente: as cenas de ação são aquilo que todo fã esperava de uma produção do estúdio. O Falcão sozinho enfrenta diversos bandidos e, entre eles, um rosto já conhecido do MCU: Batroc (Georges St-Pierre). que enfrentou o Capitão América no filme Capitão América: O Soldado Invernal.

A cena de luta dura poucos minutos, mas é suficiente para vermos qual será o teor da série. Nesse momento, somos apresentados a um novo personagem que talvez terá um destaque em Falcão e o Soldado Invernal, o Primeiro Tenente Torres. Os fãs já começaram a especular se ele não será Joaquín Torres, personagem que assume o manto do Falcão nos quadrinhos.

Depois da luta, vemos a primeira interação entre Torres e Wilson. O tenente informa ao Falcão sobre os Flag Smashers, um grupo de terroristas que apoiavam o estalo e usam essa desculpa para tentar invadir outros países.

Chegamos em Washigton, DC, e é um dos momentos mais tristes do primeiro episódio da série. Sam Wilson entrega o escudo do Capitão América para a exibição do Museu Smithsonian. O herói faz um discurso sobre o legado do Capitão América e como Steve Rogers era o único dono daquele escudo.

Nessa cena, temos a primeira participação de um membro dos Vingadores na série. Rhodey/Máquina de Guerra (Don Cheadle) aparece para uma rápida conversa com o Wilson. Ele incentiva o herói a aceitar assumir o escudo do Capitão América. Porém, vemos claramente que Sam ainda não se sente pronto para isso.

Ele entrega o escudo para um agente do governo que o parabeniza pela atitude. Contudo, logo depois vemos que esse mesmo agente presenteia o escudo para um militar escolhido pelo governo para assumir a função de Steve Rogers. Temos um novo Capitão América.

E um detalhe que não pode passar despercebido é que o escudo é entregue para um homem branco representar o maior herói americano, quando um homem negro escolhe abrir mão da função em admiração a um amigo que ele perdeu. Como já dito anteriormente, e como vimos em outras produções da Marvel, o racismo e a representatividade racial será um dos assuntos que vamos ver, mesmo que nas entrelinhas, em Falcão e o Soldado Invernal.

Bucky Barnes

Bucky Barnes
Bucky Barnes em Falcão e o Soldado Invernal (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Na outra ponta da trama da série temos Bucky Barnes. O Soldado Invernal ainda está lidando com seus traumas da época onde era controlado pela HYDRA e revivendo esse tempo através de sonhos recorrentes.

Nos flashbacks, podemos ver Bucky matando diversos capangas. Contudo, no meio deles aparece um estudante que estava apenas na hora errada e no lugar errado. Depois que o herói acorda do pesadelo, o vemos indo para uma sessão de terapia, na qual Bucky mente para a Tenente Grace, responsável pelo seu tratamento.

Ele diz que está progredindo, mas acaba sendo desmascarado por ela, que diz que ele está usando seu tempo para corrigir seus erros e ignorar as mensagens deixadas por Sam Wilson. Esse é o primeiro momento em que vemos a aproximação dos dois protagonistas.

Em outros momentos na fase anterior do MCU, Wilson e Barnes não eram amigos. Eles acabaram lutando juntos pois ambos eram amigos de Steve Rogers. Mas, com a ausência do Capitão, parece que esse laço foi – e será mais ainda – estreitado.

Vemos que o único amigo de Barnes, além do que ele está ignorando, é o Sr. Nakajima, seu vizinho. Porém, quando a série começa a destrinchar a relação dos dois, vemos que o estudante inocente que Bucky matou na verdade é o filho de Nakajima.

A série está dando seus primeiros passos na direção do que pode ser a nova grande amizade do MCU, Sam e Bucky. Em todas as fases do Universo Marvel, tivemos duplas que se destacaram: Tony Stark (Robert Downey Jr.) e Happy (Jon Fraveau), Natasha Romanoff (Scaret Johansson) e Clint Barton (Jeremy Renner) são alguns exemplos. Além disso, podemos esperar muitas cenas de lutas, no bom e velho estilo Marvel de fazer.

Quer saber todas as novidades do mundo do entretenimento e da tecnologia? Nos siga no Twitter e tenha acesso a todas as notícias do Tech News Brasil em primeira mão!

Fonte: The Guardian

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário

19 − oito =