FALCÃO E O SOLDADO INVERNAL | Série carregará o legado de Pantera Negra, segundo produtor

Pantera Negra foi um marco na indústria do cinema e principalmente nos filmes de super-heróis. O longa não só trouxe à tona um assunto que precisa muito ser discutido, ou seja, a representatividade no cinema, como também inspirou milhares de pessoas ao redor do mundo.

O filme sobre o rei de Wakanda foi muito aclamada e chegou a ganhar um Oscar, a maior premiação da indústria cinematográfica. Essa produção abriu as portas para um novo olhar sobre esse gênero de filmes e, com isso, ficou a expectativa de uma uma mudança nas futuras produções da Marvel.

Com a estreia da série Falcão e o Soldado Invernal acontecendo no próximo mês no Disney Plus, o produtor executivo Malcolm Spellman falou sobre como essa nova produção pode continuar o legado iniciado por Chadwick Boseman.

O legado e a representatividade

Pantera Negra

Em entrevista recente ao TV Line, o showrunner de Falcão e o Soldado Invernal comentou sobre como o impacto cultural do filme Pantera Negra e o trabalho do diretor Ryan Coogler influenciaram na produção de sua nova série para a Disney.

“Quando comecei a ver o impacto direto que um super-herói negro teve no meu sobrinho, isso ficou gravado na minha cabeça. Eu acredito que Falcão e o Soldado Invernal carrega com naturalidade o manto que Coogler e Chadwick [Boseman] deixaram para nós.” comentou Spellman.

Para o produtor, essa continuidade de grandes super-heróis é importantíssima para que a visão das próximas gerações possa mudar sobre a questão racial. Poder se identificar com um personagem que aparece no cinema tende a ser uma forma mais natural de iniciar uma conversa com as crianças de todas as etnias.

Sobre o assunto, Spellman ainda completou: “Eu realmente acredito que esses ícones negros gigantes são necessários, não só para as nossas crianças pretas, mas também para as crianças brancas absorverem [essa ideia] — nosso povo é grandioso e heroico…”

Confira também: VINGADORES | Anthony Mackie comenta sobre Falcão assumir o manto do Capitão América

Mudanças na Indústria

Malcolm Spellman ficou conhecido pela produção de uma dos dramas mais influentes da televisão americana, a série Empire da Fox, que também fala sobre empoderamento negro. Porém, com os filmes de heróis, ele achou a oportunidade de expandir esse debate para todos os públicos.

“Eu acho que uma das coisas mais importantes [dos filmes de herói] é a fé de que não há limitações para a escala especificamente de histórias negras. Elas podem ser tão grande quanto a de qualquer personagem.” disse Spellman.

Ainda sobre esse assunto, o produtor afirmou: “A gente aprendeu isso com Empire, aprendemos isso com Pantera Negra e vamos ver mais uma vez com Falcão e o Soldado Invernal. Não tem mais como argumentar o contrário.”

Durante muitos anos de sua carreira, Spellman teve vários projetos negados apenas por se tratarem de narrativas com personagens negros. O racismo estrutural em Hollywood foi algo latente em sua história como produtor. Agora, contudo, ele sente que pode exercer sua liberdade artística e lutar contra isso.

“Depois de ouvir pelos primeiros 15 anos da minha carreira que sendo um artista negro eu teria de trabalhar apenas em coisas de nicho bem pequenas, foi realmente empoderador ver todos esses cineastas negros. E ainda por cima ser um desses cineastas envolvidos com projetos que apelam para todo o tipo de público sem perder sua identidade decididamente negra.”  comentou Malcolm.

Sobre a trama de Falcão e o Soldado Invernal, o personagem interpretado por Anthony Mackie recebe o escudo do Capitão América no final de Vingadores Ultimato. E, com isso, ganhará mais destaque – merecidamente – no enredo da série na qual será protagonista e irá explorar mais sobre a vivência de um super-herói negro.

Spellman comentou também sobre essa questão: “A ideia de um homem negro se tornar ou não o Capitão América parecia um grande momento e uma grande oportunidade quando fomos chamados para trabalhar na série. Ainda mais no momento em que estamos vivendo, é algo representativo e simbólico.”

Mais sobre Falcão e o Soldado Invernal

Fal

A série Falcão e o Soldado Invernal irá acompanhar os eventos que aconteceram após o filme Vingadores Ultimato. Após receber o legado do Capitão América, Sam Wilson/Falcon (Anthony Mackie) se juntará a Bucky Barnes/Soldado Invernal (Sebastian Stan) e os dois vão embarcar juntos em missões que irão testar suas habilidades.

Parte do elenco da série já está confirmado. Até o momento temos nomes como Emily VanCamp, Daniel Bruhl Georges St-Pierre, que já são conhecidos dos fãs do MCU.  Além deles, temos John Walker Wyatt Russell, que interpretarão personagens novos.

Prometendo continuar o sucesso de WandaVision na expansão do universo da Marvel para o streaming, Falcão e o Soldado Invernal tem estreia marcada para março de 2021 no Disney+.

Se você quer saber mais, não só sobre o que vai acontecer em Falcão e o Soldado Invernal, como também sobre todas as produções do MCU, fique de olho em nosso site para não perder nenhum detalhe!

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário

vinte − 11 =