Este filme da Netflix faz uma poderosa crítica social — Assista-o hoje mesmo!

Conheça esse filme francês de comédia dramática, 'Samba', que está surpreendendo os assinantes da Netflix com tamanha crítica social!

Conheça o filme 'Samba'

Não é novidade no mundo do cinema produções que contem com alguma crítica social para a construção de sua narrativa. Entre esses filmes está Samba’, que tem conquistado muitos dos assinantes da Netflix nos últimos tempos, embora não seja um lançamento novo da plataforma de streaming.

Em especial em momentos em que a desigualdade, em amplos sentidos, tem sido tema merecedor da atenção da população mundial, longas como esse acabam se tornando um dos favoritos do público. Nesta matéria do Tech News Brasil, você conhece todos os detalhes deste filme que contém uma poderosa crítica social. Confira!

Conheça o filme Samba

O longa de origem francesa foi lançado ainda em 2014, sendo baseado no romance Samba pour la France, da escritora Delphine Coulin, também francesa. A produção recebeu indicações a vários prêmios importantes, incluindo o Prêmio do Cinema Europeu: Prêmio do Público.

Em Samba, acompanhamos o homem de mesmo nome imigrante do Senegal. Tendo se mudado para a França há 10 difíceis anos, Samba se coloca nas funções mais rebaixadas, trabalhando como lavador de pratos, para poder conseguir para as contas, para poder pagar as contas e se manter — o que às vezes se torna extremamente difícil. Por muitas vezes, Samba estressado pela dificuldade em colocar comida na mesa.

Não bastando os problemas que já enfrenta, Samba é preso, depois de a polícia francesa detectar irregularidades em sua imigração. Porém, alguém pode ajudá-lo. Alice, uma executiva influente que sofre de um distúrbio emocional conhecido como “Síndrome de Burn-out”, trabalha como voluntária em uma ONG de ajuda a imigrantes.

Com o encontro das histórias de dois desconhecidos, ambos tentam se ajudar, criando uma conexão surpreendente. A história de Samba é altamente envolvente. Prova disso é que, depois do lançamento do filme, o livro de Delphine Coulin se tornou um sucesso nas livrarias da França. Além disso, o próprio filme foi um sucesso de cinema na imensa França.

Produção

Como mencionamos anteriormente, Samba é baseado no romance de Delphine Coulin, publicado em 2011. Os diretores da produção são os cineastas franceses Olivier Nakache e Éric Toledano. Nakache produziu uma série de filmes, entre os quais valem destacar Mais Que Especiais (2019) e Intocáveis (2011). Inclusive, essas produções também foram assinadas por Toledano, que já pode ser considerado seu parceiro de grandes sucessos.

A equipe de produção fez um bom trabalho ao colocar em evidência o tema “França sem glamour” em um filme, construindo episódios de drama e um pouco de comédia. A forma como essa pauta é trazida ao filme é leve ao mesmo tempo em que não perde a essência de sua pertinência, pendendo a tocar o público com o tema, despertando o espectador para as boas reflexões a respeito do assunto.

Elenco

O personagem principal, Samba, é liderado por um rosto bastante conhecido. Depois de se tornar um ator fenomenal com a série LupinOmar Sy surge em Samba para entregar outra grande performance. De modo geral, Sy traz às telas uma dose equilibrada de drama e humor, o que torna seu trabalho em Samba ainda mais assertivo e cativante, aos olhos do público.

Quem também faz parte do elenco é a atriz Charlotte Gainsbourg, que dá vida à personagem que sofre de um distúrbio emocional que a deixa estressada e esgoatda, Alice. Ainda, no elenco temos a presença do ator francês de descendência argelina Tahar Rahim como Wilson, que também participou do filme recentemente lançado O Mauritano (2021). A cantora e guitarrista francesa Izïa Higelin também está no elenco de Samba, interpretando a personagem Manu.

Gostou de conhecer esse filme com poderosa crítica social? Pois confira também:
Conheça ‘My Name’, nova série da Netflix que estreia nesta sexta (15)

Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e em Marketing Digital. Amante de filmes de ação com protagonização feminina e fã de café à meia-noite.

Deixe seu comentário

5 × 2 =