Free Fire – Como fazer o jogo rodar bem no seu celular?

O Free Fire, ou Freefa como é popularmente conhecido pelos jogadores, é um Third Person Shooter ou jogo de tiro em terceira pessoa. O jogador controla seu personagem em um mapa específico e batalha, utilizando armas de fogo, contra outros jogadores online.

O jogo também utiliza o sistema de Battle Royale, que é uma mecânica de eliminação de jogadores que basicamente dá a vitória apenas ao último indivíduo, ou time, vivos. Ele foi ganhador de prêmios pela quantidade de cópias baixadas e quantidade de jogadores ativos simultaneamente. No final de 2019 o jogo possuía mais de 80 milhões de jogadores todos os dias ao redor do mundo.

Popular do jeito que é, não é difícil que você já tenha instalado e, se o seu celular não possui as recomendações técnicas de hardware mínimas para rodá-lo, pode ser que tenha encontrado algum problema. Seja por lag ou por dificuldades com o próprio aplicativo, confira essas dicas para fazer o seu Freefa rodar lisinho.

Requisitos mínimos do Free Fire

A primeira coisa a se fazer é verificar quais são as configurações técnicas do seu dispositivo mobile. Caso o celular não possua a recomendação mínima do jogo, será bem fácil encontrar problemas.

Segundo a Garena, publicadora do game, o mínimo de hardware e configuração de dispositivo recomendados para jogar o Free Fire é:

Android

  • Sistema Operacional: Android 4.0 Ice Cream
  • CPU: Intel Quad Core
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento: 600 MB

iOS

  • OS: iOS 8.0
  • CPU: Todos 
  • Memória RAM: 1 GB 
  • Armazenamento: 600 MB

Se o seu celular não atende os requisitos mínimos, não se anime muito, é possível que o jogo dê certos problemas ou que o app nem abra. E se o jogo nem abre mas o celular atende às recomendações de configuração, pode ser um problema de atualização do aplicativo.

Confira as lojas de aplicativos para saber se o seu Freefas está atualizado na última versão de patch. Recomendamos, como para qualquer outro aplicativo que seja usado com frequência, que as atualizações sejam deixadas no automático.

Como solucionar outros problemas de performance

Se o seu jogo abre, o celular possui as recomendações de hardware, mas, na hora de sentar a bala no inimigo dá umas travadas ou lag, temos algumas soluções possíveis para você tentar.

O primeiro passo é checar a sua conexão de internet. O Free Fire é um jogo online e depende muito da qualidade do seu sinal de wi-fi para funcionar. Sendo assim, se a sua internet não é muito boa, é instável ou possui sinal fraco, o ideal é entrar em contato com a operadora para melhorar um pouco a banda ou até mesmo trocar de roteador.

Tente também realizar testes em outras redes de wi-fi como a de um amigo ou vizinho. Se notar muita diferença, pode ser a sua conexão o problema. A sua proximidade com o roteador também faz diferença.

Agora se o lag ou travamento continuam, o problema pode ser o celular. Fica ligado nessas dicas a seguir para solucionar possíveis problemas do jogo com o seu aparelho:

  • Evite usar o celular plugado na tomada. O carregamento pode esquentar o aparelho e deixar o jogo lento;
  • Limpe o cache do jogo nas configurações do seu aparelho. Essa é uma dica dada pela própria Garena;
  • Mude as configurações gráficas de dentro do aplicativo do Free Fire. Coloque os gráficos no “Suave” e faça testes. Se for possível altere as configurações para cima para que o jogo não fique tão feio e que seja possível jogar;
  • Feche os aplicativos que estiverem abertos ao mesmo tempo, isso pode ajudar o processador a lidar melhor com o game;
  • Desligue o modo de economia de bateria. Quando está ativado o dispositivo retira poder de processamento para economizar energia.
  • Verifique se existe alguma atualização do próprio sistema operacional do celular;
  • Limpe a memória do celular. Mais espaço pode significar mais performance para o jogo;
  • Utilize um booster de aplicativos. Os aplicativos de boost melhoram a performance de jogos no geral e permitem uma melhor utilização se o seu celular não for muito novo nem muito bom.

Luiz Torrens
Jornalista, Roteirista e principalmente criador de histórias. Apaixonado por games e tecnologia.

Deixe seu comentário