GAME OF THRONES | HBO irá produzir mais três spin-offs da série

Game of Thrones é uma das maiores séries da última década sem sombra de dúvidas. Com isso, já era de se esperar que muita coisa repercutisse desse grande sucesso. E é exatamente que isso que a HBO está fazendo.

O universo GOT (Game of Thrones) irá se expandir ainda mais. De acordo com uma notícia publicada no Deadline, a HBO está desenvolvendo três novos projetos derivados da série. Eles serão prequels, histórias que se aconteceram antes dos eventos do seriado principal.

Além desses projetos anunciados agora, ainda está em produção pela HBO a série “House of The Dragon“. As gravações dessa última deve começar ainda esse ano para estrear no ano que vem. Outros projetos como a série adaptada de “Os Contos de Dunk e Egg” e uma possível animação ainda seguem sem nenhuma data prevista para estreia.

O universo GOT está se expandindo cada vez mais, e agora mais do que nunca. As novas produções irão se chamar “9 Voyages”, “Flea Bottom” e “10.000 Ships” e você confere com mais detalhes tudo o que já foi revelado sobre cada uma delas abaixo!

9 Voyages

Dentre os projetos revelados recentemente, 9 Voyages é o que está num processo mais avançado de desenvolvimento. O próprio George R.R. Martin está envolvido juntamente com Bruno Heller (Roma).

O enredo do seriado será focado em Corlys Velaryon, um explorador de Westeros. Ele supostamente teria navegado a bordo dos navios Lobo de Gele e Serpentes do Mar, chegando ao extremo norte e leste do planeta.

Velaryon já foi confirmado com um dos personagem da série House of The Dragon, que irá falar sobre a família Targaryen em Westeros. Nessa produção, o personagem será interpretado por Steve Toussaint. Contudo, não temos nenhuma confirmação da participação dele em 9 Voyages.

10.000 Ships

Game of Throne
Lobo em cena de Game Of Thrones (Imagem: Reprodução/ HBO)

A série 10.000 Ships teria como trama principal a invasão da rainha Nymeria à cidade de Dorne. E, como resultado disso, a formação do principado sul de Westeros. Esses eventos se passam aproximadamente 1000 mil anos dos acontecimentos de “Uma Canção de Gelo e Fogo”.

A rainha Nymeria é uma forte referência sobre Westeros e o continente, tanto que é citada em GOT. A personagem Arya Stark dá o nome Nymeria para a sua loba gigante, e umas das Serpentes de Areia também possui o nome em homenagem à rainha guerreira.

Flea Bottom

A vida na Baixada das Pulgas, o bairro mais pobre da capital de Westeros, Porto Real, será o enredo de Flea Bottom. Esse lugar é conhecido por abrigar a escória e vilania disputando lugar com a pobreza extrema.

Famílias muito pobres dividindo o mesmo espaço com estabelecimentos de caráter duvidoso: esse é o retrato de Baixada das Pulgas. O lugar foi mencionado em GOT pois alguns personagens vieram de lá, como por exemplo Davos Seaworth e Gendry.

Mais sobre  Game of Thrones

Logo de GOT
Logo de Game Of Thrones (Imagem: Dvulgação/ HBO)

Não podemos negar que Game of Thrones fez história na televisão americana e ao redor do mundo. A série foi uma das mais assistidas, ganhou diversos prêmios importantes na indústria e arrastou uma legião de fãs desde a sua primeira temporada.

Contudo, nem tudo são flores quando o assunto é GOT: o final da série foi uma grande frustação para todos que acompanhavam a trama. Porém, o que aconteceu no encerramento da série foi um acúmulo das duas últimas temporadas, que foram tão diferentes da proposta do seriado que parecia até uma produção à parte.

O ritmo acelerado dos últimos acontecimentos foi um dos fatores de grande distinção, já que as seis primeiras temporadas da série tinham uma lentidão e um detalhamento de cada fato que era essencial para a compreensão da trama, que era muito complexa.

A decepção dos fãs com o final da série foi inevitável, visto que o desfecho não coincidiu com tudo aquilo que a história criou durantes os últimos anos. E isso, faz com que um questão apareça agora: Valerá a pena a criação de todos esses spin-offs? Será que o público vai aderir? Afinal, o público não ficou satisfeito com o desfecho da série principal.

E mais, será que depois do fiasco que foi o encerramento de um dos maiores fenômenos recentes da televisão os spin-offs conseguirão tirar essa mancha da reputação da série e serão bem-feitos? Essas perguntas só terão respostas quando as produções estrearem. Enquanto isso, ficamos na expectativa para que não seja a derrocada final do Universo Game of Thrones.

Quer saber todas as novidades do mundo do entretenimento e da tecnologia? Nos siga no Twitter e tenha acesso a todas as notícias do Tech News Brasil em primeira mão!

Fonte: Variety e Deadline

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário

treze + cinco =