Godzilla vs Kong quebra recorde de audiência no HBO Max

Já nos seus 5 primeiros dias, o filme Godzilla vs Kong quebrou o recorde de audiência de uma estreia no HBO Max. Ao todo, cerca de 3.6 milhões de famílias assistiram à nova produção entre os dias 31 de março e 4 de abril. Com isso, ele quebrou o recorde anterior de Mulher-Maravilha 1984 (2,2 milhões) e do Snyder Cut (1,8 milhões).

A informação não foi divulgada pela própria HBO. Portanto, não se trata de uma informação oficial. Quem apurou o número de visualizações foi a Samba TV, empresa terceirizada de classificação. Além disso, ela também não levou em consideração o número de assinantes que assistiram ao filme inteiro: o levantamento incluiu todos aqueles que assistiram no mínimo 5 minutos da produção.

Outro detalhe importante é o seguinte: a Samba TV só considerou visualizações em Smart TVs. O número deve crescer bastante ao se levar em consideração dispositivos mobiles ou computadores.

A Warner Bros., estúdio responsável pelo filme, lançou Godzilla vs Kong adotando a estratégia de lançamento simultâneo em cinemas e streaming. Ou seja, o filme chegou tanto às salas de cinemas, em diversos países, quanto ao HBO Max, plataforma de streaming da Warner. E, além do recorde no streaming, a produção também quebrou um recorde importante com seu lançamento nos cinemas ao redor do mundo.

Outro recorde de Godzilla vs Kong

Godzilla vs Kong também já havia quebrado outro recorde: o de exibições em cinemas durante a atual pandemia de Covid-19. Mesmo com a maior parte dos cinemas fechados, o filme arrecadou USD$ 121 milhões em sua estreia, que aconteceu em 38 mercados internacionais além dos Estados Unidos.

Convém lembrar que a maior parte dos cinemas não está funcionando por conta da pandemia. Além disso, os que abriram estão funcionando em sua maioria com capacidades muito reduzidas.

Ou seja, caso Godzilla vs Kong tivesse sido lançado em um cenário sem pandemia, o filme certamente teria um retorno financeiro muito maior, ultrapassando tranquilamente os USD$ 200 milhões.

O que sem dúvida é motivo de suspiro de alívio para a indústria cinematográfica, uma das mais afetadas durante a pandemia de Covid-19. Afinal, isso mostra aos estúdios que a crise pode estar próxima de um fim. E que, com a vacina, as coisas podem muito em breve voltar ao normal.

Além disso, essa ida dos fãs ao cinema mostra outra coisa: que o público não vê a hora de voltar aos cinemas para exibições presenciais. Assim, quando a pandemia acabar — ou for melhor controlada —, há grandes chances de os lançamentos quebrarem vários recordes de bilheteria. Afinal, todos vão querer aproveitar ao máximo a “volta ao normal”.

O que também levanta outra hipótese: a de que os estúdios comecem a brigar para ver qual vai ser o primeiro a lançar uma megaprodução nos cinemas ao fim da pandemia. O estúdio a lançar o primeiro grande sucesso pós-pandemia certamente fará muito dinheiro.

Sobre Godzilla vs Kong

O filme Godzilla vs Kong é a continuação de Godzilla II: Rei dos Monstros (2019) e Kong: Ilha da Caveira (2017). Ele celebra a volta do interesse do público por produções sobre monstros e o início de, ao que tudo indica, uma nova tendência. O que é uma ótima notícia para aqueles que se interessam pelo “MonsterVerse” — o universo ficcional em que King Kong e Godzilla coexistem.

Godzilla vs Kong
Godzilla vs Kong, novo filme do MonsterVerse (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

Além dos três filmes já mencionados, o MonsterVerse começou com Godzilla (2014), que marcou uma espécie de reboot da franquia. Em seguida, Godzilla II e Kong: Ilha da Caveira seguiram a produção, culminando agora em Godzilla vs Kong, que mostra o embate entre as duas criaturas.

A sinopse oficial da Warner Bros. para Godzilla vs Kong é a seguinte:

As lendas se enfrentam em “Godzilla vs. Kong”, quando esses adversários míticos se encontram em uma espetacular batalha, na qual o destino do mundo entrará em jogo. Kong e seus protetores embarcam em uma jornada perigosa para encontrar seu verdadeiro lar. Com eles está Jia, uma jovem órfã que tem uma ligação única e forte com Kong. Mas eles não sabiam que estavam no caminho de um Godzilla enfurecido, que está deixando um rastro de destruição pelo planeta. Esse combate épico entre os dois titãs, instigado por forças ocultas, é apenas o começo do mistério que jaz no núcleo da Terra.

No Brasil, Godzilla vs King Kong chega aos cinemas apenas em 29 de abril. Além disso, o HBO Max, serviço de streaming da Warner Bros, está previsto para chegar no Brasil em junho. O filme possivelmente já estará no catálogo do serviço quando este chegar ao país.

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Pois nos siga no Twitter e tenha acesso em primeira mão a todas as postagens aqui do Tech News Brasil!

Fonte: Deadline 1 | 2

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

cinco × 2 =