Google está trabalhando em novo sistema operacional projeto “Fuchsia”

Google está trabalhando em novo sistema operacional projeto “Fuchsia”

A alguns anos a Google vem trabalhando secretamente em um novo software, o projeto Fuchsia, com intuito de criar um único sistema operacional capaz de executar todos os dispositivos da Google, substituindo o Android e o Chrome OS.

Os rumores são de que o projeto Fuchsia está sendo desenvolvido para superar as limitações do Android.

De acordo com relatos publicados no Bloomberg, o Fuchsia está sendo projetado para acomodar melhor as interações de voz, as frequentes atualizações de segurança e ter a mesma aparência em vários dispositivos, desde dispositivos domésticos conectados, como alto-falantes controlados por voz, à novos produtos onde a Google está espalhando seu software, como televisores, carros e refrigeradores.

A equipe de software do projeto Fuchsia conta com o a participação de alguns funcionários pioneiros da Google, como hackers veteranos de código aberto na empresa e engenheiros sênior.

Inicialmente a Google pretende incorporar o novo sistema operacional Fuchsia em dispositivos domésticos inteligentes da Google, e na sequencia o sistema seria então disponibilizado para dispositivos maiores e mais complexos como smartphones, tablets e laptops.

Ainda conforme relatado o plano para substituir o Android está sendo projetado com muita cautela, uma vez que o software suporta dezenas de parceiros de hardware, milhares de desenvolvedores e bilhões de dólares em anúncios para dispositivos móveis.

Apesar de o projeto já está sendo desenvolvido, existem muitas preocupações quanto a mudança poder encerrar o suporte oferecido pela Google ao Android e ao Chrome OS ou ainda quanto a possível incompatibilidade dos dispositivos, uma vez que o Android e o Chrome OS são criados no Linux “kernel do Linux” e o novo software está sendo desenvolvido usando um kernel diferente, chamado Zircon.

No entanto, apesar dos diversos rumores, o projeto ainda não tem previsão para ser concluído ou implementado, e conforme fontes do Bloomberg, o projeto ainda é tratado pela Google como uma iniciativa inovadora e que requer muita análise.

Fonte: Bloomberg

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Fechar Menu