Google Go poderá ler páginas da web em voz alta

A Google anunciou hoje, dia 28 de agosto de 2018, o lançamento de um novo recurso que permitirá que todos que usam o navegador do Google Go, aplicativo mais leve de pesquisa, escutem páginas da Web em voz alta.

A tecnologia é alimentada por uma síntese de fala de Inteligência Artificial (IA) e pelo processamento de linguagem, para ler conteúdos de páginas da Web com uma voz natural.

De acordo com o comunicado a tecnologia promete ler conteúdos de páginas da Web em 28 idiomas diferentes e de dispositivos com conexões de dados mais lentas, como o 2G, o novo recurso ainda utiliza Inteligência Artificial (IA) para determinar quais partes de uma página da Web devem ser lidas e quais são dispensáveis, para que os usuários ouça apenas o que é importante.

Google Go poderá ler páginas da web em voz alta

Usando essa tecnologia, consumir textos longos torna-se tão fácil quanto assistir TV ou ouvir rádio. Também é útil para multitarefa, como seguir uma receita enquanto prepara uma refeição, ouvir artigos enquanto se exercita ou acompanhar as notícias no seu trajeto” ressalta o comunicado assinado por Yossi Matias, VP – Engenharia, e Simon Tokumine, Gerente Sênior de Produto.

Foi exposto ainda que o novo recurso atende a solicitações diversas de usuários para que o Google Go facilite o acesso ao conteúdo da web.

Conforme a companhia esta nova ferramenta extra pode facilitar o acesso dos usuários a conteúdos diversos da Web, auxiliar na leitura e pronuncia de palavras de línguas estrangeiras, na fala de palavras novas para o dialeto do usuário e ainda trará diversas outras vantagens que permite melhor absorção e aprendizado.

A Google ainda destaca que pretende oferecer a capacidade de ouvir páginas da web para mais produtos da companhia.

Fonte: Blog Google

Últimas notícias da Google

 

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário