Google quer eliminar falha que permite que sites detectem e bloqueiem usuários anônimos

Google quer eliminar falha que permite que sites detectem e bloqueiem usuários anônimos

O site que noticia o Google, 9TO5Google, divulgou na última sexta-feira, dia 15 de fevereiro de 2019, que o Google vai corrigir falha do Chrome que permite que sites possam detectar e bloquear usuários que acessam seus sites usando o modo de navegação anônima.

O modo de navegação anônima do Chrome não permite armazenar nenhum registro local do histórico de navegação e também impede que os sites possam rastrear os usuários usando cookies. No entanto, os websites utilizam estes dados de rastreamento para publicidades direcionadas com base em suas atividades na Web.

E como o modo de navegação anônima impede o rastreamento destes dados, alguns websites utilizam métodos diversos e conhecidos por desenvolvedores da web para determinar se um usuário está ou não no modo de navegação anônima, que após detectados são bloqueados.

A notícia se originou devido a descoberta de uma revisão do código fonte de Gerrit do Chromium, onde foi possível apurar que o Google Chrome está procurando resolver esse problema, através da criação de um sistema virtual usando a RAM, para que não seja possível identificar se o usuário está usando o modo de navegação anônima do navegador.

De acordo com relato do desenvolvedor responsável pelo projeto, a novidade que visa eliminar a detecção do modo de navegação anônima do Chrome, tem previsão de ser disponibilizado através do Chrome 74 com ativação manual pelo usuário, e que somente no Chrome 76 que o recurso será habilitado por padrão no navegador.

Fonte: 9TO5Google

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Fechar Menu