Hangouts: Google encerra recurso e leva usuários ao Meet

Cada vez mais próximo de ser descontinuado, o Hangouts vem perdendo mais espaço para o Meet. Prova disso é que o Google desativou na plataforma o recurso de chamadas em vídeo para grupos.

Ou seja, o final da plataforma é cada vez mais eminente. Com isso, a prioridade da empresa passa a ser o Meet. Focado no uso profissional, a ferramenta vem crescendo cada vez mais.

Google Hangouts
Google Hangouts terá função de vídeo chamada em grupo descontinuada (Imagem: Divulgação/Google)

Hangouts: Google encerra recurso de vídeo chamada em grupo

Apesar de ainda manter o Hangouts ativo, o fim da ferramenta, criada em 2013, parece ser cada vez mais inevitável.

Com a mudança na nova atualização, a plataforma perdeu o recurso de chamadas em vídeo. Com isso, o recurso fica disponível apenas para o Meet.

Ou seja, ao tentar conversar com mais de uma pessoa por meio de videoconferência, o aplicativo envia o usuário para a outra plataforma.

Dessa foram, com a atualização, fica cada vez mais evidência que o Google vai descontinuar a ferramenta em breve.

O que é o Google Hangouts

Desenvolvida antes do Meet, o Google Hangouts foi a primeira tentativa do Google em criar uma ferramenta de mensagens e vídeo chamadas. Tanto é que o aplicativo surgiu como evolução do antigo Google Talk.

Apesar de ser menos conhecida que a atual ferramenta, a primeira versão dessa tentativa tentou suprir a necessidade por uma plataforma de videoconferências.

Contudo, com menos recursos e funcionalidades, o foco do Hangouts passou a ser o uso particular. Enquanto isso, o Google optou por focar no desenvolvimento da plataforma profissional, especialmente para o uso profissional.

Decisão não é novidade

Outros sinais de que o Google vai descontinuar o Hangouts já foram dados neste ano. Por exemplo, em outro, as conversas iniciadas no aplicativo começar a migrar para o Google Chat.

Mesmo com a disponibilidade gratuita apenas para o Workspace – antigo G-Suíte – a mudança já mostrava que o serviço não continuaria por muito tempo.

Além disso, dentro do Google Chat os usuários podem conferir seus históricos de mensagens e contatos. Com isso, ele também oferece os mesmos recursos do Google Hangouts.

Mas diferente da antiga ferramenta, o Google Chat conta ainda com novos recursos  como a opção criar tarefas e compartilhar arquivos.

Diferença com o Meet
Diferenças entre o Google Hangouts e Google Meet (Imagem: Divulgação/Google)

Diferenças para o Google Meet

Mas qual a diferença entre o Google Meet e Hangouts? O que as duas ferramentas oferecem para o usuário?

Apesar de haver algumas semelhanças entre as duas plataformas, cada um apresenta exclusividades para o usuário.

O Google Meet, por exemplo, tem como principal função as videoconferências com foco nas áreas empresariais e educacionais. Com isso, dentre alguns recursos que a plataforma oferece, estão:

  • suporte para até 250 participantes ou 100.000 espectadores em uma transmissão ao vivo;
  • teste de qualidade de vídeo;
  • compartilhamento de aba do Chrome;
  • desabilitação de áudio de outro usuário;
  • alterações no layout de visualização; e
  • gravação da chamadas.

Por outro lado, o Google Hangouts tem um foco em salas de vídeo e bate-papo particulares. Dessa forma, basta ser titular de uma conta Google, integrada ao Gmail. Para utilizar a plataforma.

Contudo, diferente do Meet, aqui há uma limitação maior do uso da ferramenta. Isto é, ela suporta apenas 25 pessoas para usuários pessoais. Dentre outros recursos, ainda estão:

  • criação de evento no Google+;
  • ligações telefônicas usando o seu computador;
  • criação de grupos para bate-papo.

Ou seja, o foco aqui é para um uso mais pessoal e particular, enquanto o Meet é feito para uso empresarial e profissional.

 

Aproveite para conferir outras novidades no blog Tech News Brasil. Aqui você fica por dentro de todas as notícias e atualidades do mundo da tecnologia!

Guilherme Montiel
Redator da WebGo Content. Especialista em comunicação para internet, com experiência de 04 anos em SEO e Marketing Digital. Apaixonado por tecnologia, comunicação, música e games.

Deixe seu comentário