Interceptor: novo filme mais visto da Netflix tem dividido opiniões; entenda o motivo

O filme de ação "Interceptor" estreou há poucos dias na Netflix, mas já está dividindo as opiniões dos assinantes.

De tempos em tempos surgem aquelas produções da Netflix que dividem muito a opinião do público, com parte dos espectadores amando e defendendo, e outra parte massacrando o filme ou série. O mais novo a cair nesse lugar é o longa Interceptor, filme de ação protagonizado por Elsa Pataki que está no primeiro lugar da Netflix.

Mesmo atraindo tanta atenção, a produção não conseguiu se livrar de diversas críticas negativas, ainda que boa parte do público pareça ter curtido a trama.

Confira a seguir algumas justificativas para Interceptor ter agradado e desagradado tanta gente.

Sobre Interceptor

interceptor-novo-filme-mais-visto-da-netflix-tem-dividido-opinioes-entenda-o-motivoNesse filme, uma série de mísseis são enviados em direção aos EUA em um ato terrorista que pode destruir todo o país.

Como única sobrevivente de uma plataforma de interceptação, a militar JJ Colins se torna a única esperança de que o ataque não seja bem-sucedido. Dessa forma, ela se coloca entre seu país e o plano criminoso, em uma tentativa desesperada de salvar quantas vidas puder.

Por que algumas pessoas estão odiando Interceptor?

Com uma trama que remete muito aos filmes de ação do século passado, a verdade é que não é tão difícil de entender porque tanta gente tem gostado e odiado esse filme.

Quem prefere tramas mais pés no chão, dificilmente consegue encontrar alguma coisa “crível” nesse filme, que extrapola o exagero em suas cenas de ação, deixando um ar quase cômico ao final de cada sequência.

Além disso, o tema principal do filme (o ataque terrorista aos EUA) não parece bem fundamentada. Os vilões são rasos, suas motivações são frágeis e em nenhum momento a história parece ser algo que realmente poderia acontecer em qualquer momento da realidade.

Em suma, esse é o principal motivo para que algumas pessoas estejam detonando Interceptor, ainda que muitos outros filmes de ação também usem desses recursos “fantasiosos”.

Apesar desses pontos negativos (na visão de alguns), tem muita gente que adorou o filme e têm apresentado alguns bons argumentos para isso.

Quais os motivos de quem gostou do filme?

Como dissemos anteriormente, o filme lembra muito algumas tramas comuns nos anos 80 e 90, e foi justamente isso que acabou conquistando muita gente que curtiu o longa.

A personagem de Elsa Pataki vem sendo comparada ao icônico personagem Rambo, de Sylvester Stallone, afinal, ambos são colocados em situações humanamente impossíveis de lutas e desafios, e demonstram potencial o bastante para salvar o mundo sozinhos se for preciso.

Para além disso, a atuação da atriz é realmente um grande destaque do longa, já que mesmo com um roteiro questionável, a bonitona não sai do personagem em nenhum momento, encarnando Sarah Connor de corpo e alma.

As sequências um tanto exageradas também não incomodaram essa parte do público, que tem citado com muita frequência o quão divertido e eletrizante acaba sendo acompanhar a história.

De um jeito outro, o fato é que Interceptor está em primeiro lugar entre os filmes mais assistidos da Netflix nos últimos dias e isso deve garantir sua popularidade (pra o bem, ou para o mal) por mais algum tempo.

Se você está querendo saber se vale a pena dar uma chance ao longa a resposta, como você pode perceber, depende muito de pessoa para pessoa.

Dessa forma, nossa dica é: assista e tire suas próprias conclusões. Depois volta aqui para contar para gente em qual dos dois públicos do filme (o que ama, e o que odeia) você se encaixou.

CONFIRA Também:

Semana Geeked | Confira todos os conteúdos divulgados pela Netflix no primeiro dia

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

1 comentário

Deixe seu comentário