J.K. Rowling volta a fazer comentários transfóbicos em suas redes sociais

Em uma publicação feita em seu twitter, a autora J.K. Rowling ironizou medida do Governo Escocês referente a identidade de gênero.

J.K. Rowling

A escritora britânica J.K. Rowling, autora dos sete livros da saga Harry Potter” e produtora executiva dos filmes da franquia Animais Fantásticos“, tem se envolvido em polêmicas recentemente ao se recusar a reconhecer a identidade de gênero de indivíduos trans. Após aderir a corrente conhecida como feminismo radicala escritora tem utilizado suas redes com frequência para atacar e disseminar informações tidas como falsas e negligentes a esse respeito.

Em uma publicação recente compartilhada em seu twitter, a escritora compartilhou uma matéria que fala sobre uma decisão recente Polícia da Escóciaque passará a registrar os casos de estupro de acordo com a identidade de gênero de quem ataca. A decisão, que faz parte de um grupo de novas medidas para tornar o país mais seguro para pessoas LGBTQIA+tem sido duramente criticada por grupos conservadores e representantes do feminismo radical.

Em seu comentário, J.K. Rowling cita um trecho do livro “1984”, de George Orwell, e ironiza o fato de um “indivíduo com pênis” ser chamado de “mulher. Confira a publicação:

Publicação de J.K. Rowling em sua conta no twitter (Imagem: Reprodução/Twitter).

“Guerra é Paz.
Liberdade é Escravidão.
Ignorância é Força.
O indivíduo com pênis que estupro você é uma mulher”

Não demorou muito para que os usuários da rede social começassem a responder a autora, criticando sua recorrência em não aceitar a identidade de gênero autodeclarada pelos indivíduos como legítima. “Você literalmente tem um castelo e gasta seu tempo fazendo isso”, comentou o apresentador de podcast Rob Rousseau. Até o momento, a escritora não respondeu a nenhum desses comentários.

CONFIRA Também:
Harry Potter | Após transfobia, J.K. Rowling não participará do especial de 20 anos

Na oportunidade, o Sobre Sagas aproveita o momento para deixar claro sua posição editorial: Mulheres trans são mulheres. Homens trans são homens. Pessoas não-binárias são pessoas não-binárias. A tentativa incessante de J.K. Rowling em ir contra a auto declaração de identidade é prova de que esse debate precisa ser feito com mais seriedade, respeito e empatia entre as partes.

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Criador de conteúdo da área desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário

sete + dez =