John Walker pode não ser o vilão da série | Falcão e o Soldado Invernal

Mesmo antes do lançamento de Falcão e o Soldado Invernal, todo mundo já sabia que John Walker iria assumir o posto de Capitão América após a aposentadoria de Steve Rogers.

Da mesma forma, não é nenhuma surpresa que a personalidade de John Walker não seria das mais simpáticas desde o começo. Especialmente para os fãs das HQs, que já conheciam o caráter do personagem de antemão.

E, depois do final sangrento do quarto episódio, vimos pela primeira vez que John Walker definitivamente foi uma péssima escolha para assumir o posto de Capitão América.

Inclusive, após o quarto episódio, muitos fãs ganharam a certeza de que o novo Capitão América será o grande vilão da série. O que é bem justificado, afinal os Apátridas podem até ser terroristas, mas até agora não mataram ninguém em praça pública.

Mas será que John Walker realmente é tão ruim ao ponto de se tornar o grande vilão de Falcão e o Soldado Invernal e, se ele for, o que o deixou assim?

John Walker não é o grande vilão da série

É claro que cometer um assassinato em praça pública é uma atitude de vilão, ainda mais quando a vítima é um combatente rendido, o que constitui crime de guerra.

John Walker com o escudo do Capitão América manchado de sangue
Capitão América com o escudo manchado de sangue (Imagem: Reprodução/Marvel Studios/Disney+)

Entretanto, está bem claro que John Walker não matou o homem simplesmente por prazer e sim porque ele perdeu totalmente o controle de si mesmo. Isso obviamente não justifica o ato, afinal Steve Rogers nunca faria a mesma coisa no lugar dele.

Entretanto, bem sabemos que John Walker teve diversos motivos até agora para perder o controle.

Primeiramente, agora John Walker é um Super Soldado e, como já sabemos, o soro que garante esses poderes também amplifica todos os sentimentos do usuário.

Entretanto, até agora, o principal sentimento que vimos John Walker demonstrar durante a série é ansiedade. Afinal, assumir o posto de um dos maiores heróis do planeta do dia para a noite com certeza não é fácil.

Ainda mais quando ele mal consegue acompanhar as expectativas e as demandas que o cargo de Capitão América traz. Ou seja, ele se sente constantemente pressionado, principalmente quando tudo o que ele fez no cargo até agora foi apanhar de todo mundo.

Inclusive, a frustração que o John Walker sente por não ser bom o suficiente para ser o novo Capitão América foi o que o levou a tomar o soro de super soldado.

Além disso, descobrimos durante o episódio 4 que John sofre com estresse pós-traumático após servir na guerra do Afeganistão. O que certamente não contribui para o seu bom estado mental.

Dessa forma, tudo o que ele não precisava era ver o seu melhor amigo ensanguentado no chão, o que certamente foi a gota d’água que o fez transbordar e, logo em seguida, perder a cabeça.

John Walker tem boas intenções

Além de todo o stress que John Walker sofreu durante a série, vimos também que ele sempre teve boas intenções quando assumiu o cargo. Afinal, o Capitão América também era o seu herói favorito, e um ídolo que ele sempre se inspirou.

Assim como Steve Rogers, John Walker sempre foi um bom soldado, que se importa e protege a vida dos seus companheiros de batalha. Inclusive, vimos que John ganhou várias medalhas de honra e bravura durante o tempo que ele serviu no exército.

Entretanto, apesar de ter mérito, coragem e vontade de sobra para o cargo, John Walker possui algumas falhas de personalidade que o diferenciam, e muito, de Steve.

Por exemplo, vimos que, além de ser muito competitivo, John Walker é extremamente agressivo. Ainda não sabemos se o trauma de guerra é a origem de sua agressividade.

Além disso, John Walker é extremamente obediente às ordens que ele recebe, o que é um problema. Afinal, a qualidade principal de Steve Rogers era saber definir muito bem quando obedecer ou não as ordens dos seus superiores

Por exemplo, se fosse John Walker na pele de Steve durante os eventos de Capitão América e o Soldado Invernal, a HYDRA com certeza teria vencido sem esforço nenhum.

Ou seja, apesar de definitivamente John Walker ser a pior escolha para assumir o título de Capitão América, até agora não vimos nada que o categorize como um grande vilão.

A não ser, é claro, a sua incapacidade de desobedecer uma ordem, sua impaciência e a sua agressividade. Além disso, como dissemos anteriormente, John Walker só perdeu a linha após ver o Lamar Hoskins se ferindo gravemente em combate.

Lemar Hoskins possivelmente morto
Lemar Hoskins possivelmente morto (Imagem: Reprodução/Marvel Studios/Disney+)

Se John Walker não é o vilão da série, quem é?

Bom, já que John Walker nunca esteve apto para assumir o posto de Capitão América, então de quem verdadeiramente é a culpa?

Até agora, vimos na série que todos os males do mundo atualmente são causados pelos governos mundiais. Inclusive, os Apátridas nasceram para corrigir as injustiças que os governos do mundo inteiro cometeram com as vítimas do “Blip”.

Além disso, se o governo tivesse respeitado a escolha de Sam Wilson e não tivesse escolhido um novo Capitão América, a tragédia do episódio 4 poderia ter sido facilmente evitada.

Da mesma forma, o governo dos Estados Unidos, além de não querer perder o poder de propaganda do Capitão América, ainda escolheu o homem errado para o cargo.

Apesar de ser um bom soldado, John Walker sofre com diversos traumas do tempo que serviu no exército. Ou seja, qualquer avaliação psicológica do departamento de RH apontaria que John Walker é muito agressivo para assumir o posto de um dos heróis mais queridos do mundo.

Além disso, vale lembrar das injustiças que o governo cometeu com Isaiah Bradley, o primeiro Capitão América da história. Sem contar o exílio de Sharon Carter, que até hoje não foi perdoada após os eventos de Guerra Civil, ao contrário do resto dos Vingadores.

Ou seja, as chances de Falcão e o Soldado Invernal mandar um plot twist apontando o governo como o grande vilão são altas. Afinal, tudo na série está indicando esse caminho até agora.

Porém, vale lembrar que tudo isso são apenas teorias, e mesmo se John Walker não for o grande vilão, ele ainda precisa pagar pelos crimes que cometeu.

Além disso, é óbvio que ainda veremos um grande confronto entre o novo Capitão América e os protagonistas; afinal, eles ainda precisam recuperar o escudo.

Tech News

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Então nos siga no Twitter e não perca mais nenhuma postagem da equipe do Tech News Brasil!

Todas as informações apresentadas nesta matéria foram retiradas da série Falcão e o Soldado Invernal, série exclusiva do Disney Plus e do site ScreenRant

Avatar
Redator da WebGo Content. Apaixonado por livros, jogos online, One Piece e cães.

Deixe seu comentário

dezenove − doze =