John Walker vai se tornar o vilão da série? | Falcão e o Soldado Invernal

No episódio 4 de Falcão e o Soldado Invernal, que chegou ao Disney Plus nesta sexta-feira (09), finalmente vimos John Walker, o novo Capitão América, tendo acesso ao soro de Super Soldado — e já deixando o poder subir à cabeça. E isso abre um caminho interessante para a série: o de John Walker se tornar o grande vilão da série.

Até o momento, o principal antagonista dos protagonistas Falcão e Soldado Invernal é o grupo terrorista Apátridas. Que, convenhamos, até o momento não mostrou muito serviço. Mas isso pode mudar nos próximos capítulos.

John Walker vai se tornar o vilão da série?

Tudo aponta que sim. Desde a aparição do personagem no final do primeiro episódio da série, assumindo o novo manto de Capitão América, os fãs já especulavam que Walker se tornaria um vilão na série.

O próprio Wyatt Russell, ator que interpreta John Walker na série, admitiu que teme vir a ser odiado pelos fãs da Marvel pelo percurso que seu personagem fará na série. E parece que é o que está acontecendo, pois o ator vem recebendo ofensas e ameaças em suas redes sociais.

Nos últimos três episódios da série, conhecemos um pouco mais sobre o personagem, bem como sobre sua personalidade e seu temperamento. Walker é impulsivo, não gosta de ser contrariado e, aparentemente, é bastante orgulhoso. Ele parece estar disposto a fazer de tudo para atender às expectativas e manter-se no posto de Capitão América.

Prova disso é que, depois de recorrentes derrotas em combates corpo a corpo, John Walker enfim recorreu ao Soro de Super Soldado após obtê-lo dos Apátridas, ganhando, assim, super força, super resistência, super agilidade etc. E Lemar Hoskins, seu parceiro, foi enfático ao afirmar no episódio 4 que “o poder só faz a pessoa ser mais o que ela é“.

John Walker encontra o soro de super soldado
John Walker e a última dose do soro de super soldado (Imagem: Reprodução/Marvel/Disney+)

Ou seja, se a pessoa já é boa, ela vai se tornar ainda melhor quando ganhar super poderes (como Steve Rogers, o antigo Capitão América). Por outro lado, quando a pessoa já tem um desvio de caráter — como Walker aparentemente tem —, o poder vai apenas corromper ainda mais a sua mente.

Isto é, nos últimos dois episódios de Falcão e o Soldado Invernal, possivelmente veremos o poder subindo ainda mais à cabeça de Walker — o que certamente seria a sua ruína.

Efeitos da cena final do episódio 4

Se você já assistiu ao episódio 4 de Falcão e o Soldado Invernal, certamente se lembra da cena final, uma das mais memoráveis da série. Nela, John Walker, depois da suposta morte de Lemar Hoskins, persegue um dos membros dos Apátridas e o assassina com o escudo do Capitão América, no meio de uma praça lotada de civis, que filmam toda a ação.

John Walker com o escudo do Capitão América manchado de sangue
John Walker com o escudo do Capitão América manchado de sangue (Imagem: Reprodução/Marvel | DIsney+)

Isso certamente vai impactar a imagem que a população tem de John Walker. A reputação do personagem vai cair bastante, ele já não terá uma legião de fãs o aplaudindo e pedindo autógrafos etc.

E, uma vez que o personagem já mostrou estar disposto a fazer de tudo para manter o cargo, possivelmente veremos ele tendo uma postura ainda mais agressiva nos próximos episódios. Afinal, é um personagem bastante instável e impulsivo.

John Walker atacando membro dos Apátridas
John Walker atacando membro dos Apátridas (Imagem: Reprodução/Marvel | Disney+)

Há inclusive a possibilidade de o exército destituir ele do cargo de Capitão América. O que seria um baque muito forte para o personagem, que tem histórico militar e toda uma reputação construída no exército. Isso poderia, inclusive, fazer com que ele se volte contra o governo americano.

E aí o caos estaria instalado. Restaria a Falcão e Soldado Invernal intervirem e tentarem conter John Walker. O que não seria uma tarefa muito fácil; afinal, Walker agora é um Super Soldado.

E os Apátridas?

A cena final do episódio 4 possivelmente também terá um efeito na forma como a população enxerga os Apátridas. A partir de agora, é possível que a população os veja de outra forma e até mesmo concorde com a causa do grupo.

Além disso, num contexto em que John Walker é o grande vilão — e a principal ameaça —, é fácil de imaginar uma parceria de Falcão e Soldado com os Apátridas. Afinal, o próprio Sam já tentou por duas vezes dialogar com o grupo a fim de chegar num consenso. E chegar num consenso agora será fácil, já que ambos têm possivelmente um inimigo em comum.

 

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Pois nos siga no Twitter e tenha acesso em primeira mão a todas as postagens aqui do Tech News Brasil!

Todas as informações apresentadas nesta matéria foram retiradas dos episódios 1, 2, 3 e 4 de Falcão e o Soldado Invernal, série exclusiva do Disney Plus.

Alexandre Garcia Peres
Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

18 + quinze =