Lançamento do Disney+ no Brasil debilitará demais serviços de Streaming

Embora o novo serviço de streaming da Disney, o Disney+, só esteja previsto para chegar no Brasil em novembro desse ano, os efeitos do seu lançamento já estão sendo sentidos pelos demais serviços de streaming.

Antes de mais nada, é importante friar que já se foi o tempo em que a Disney era responsável apenas por suas animações clássicas. Hoje em dia, a companhia tornou-se um grande conglomerado de mídia e de entretenimento, sendo proprietária de diversos estúdios e canais de televisão. Dentre as principais aquisições da Disney, destaque, por exemplo, para a ABC, a FOX,  a Pixar, a Marvel, a Lucasfilm e a 21st Century Fox.

Ou seja, o lançamento do Disney+ promete causar um grande esvaziamento nos catálogos de serviços de streaming concorrentes, como no Prime Video e na Netflix. Isso porque as produções destes estúdios, até então espalhadas pelos vários serviços, passarão a ser exclusivas do Disney+.

Os efeitos do lançamento do Disney+ no Brasil

Neste quarta-feira, 30 de setembro de 2020, o contrato que a Disney mantinha com o Amazon Prime Video no Brasil terminou. Isso significa que todas as produções que hoje pertencem a Disney serão retirados do catálogo da Amazon.

Quer dizer que os assinantes do Amazon Prime Video ainda terão algum tempinho para assistir as produções? Infelizmente não. Os conteúdos da Disney já não são mais exibidos nos destaques do Prime Video. E o principal: as produções Disney deixarão o catálogo hoje mesmo, dia 30 de setembro.

Pesquisando por qualquer filme ou série que pertença a Disney, o seguinte alerta é exibido no cartão da produção: “Deixando o Prime em 30 de setembro”. Por exemplo

Produções da Disney deixam catálogo do Prime Video

Além disso, você talvez não tenha percebido, mas o Prime Video não é a única plataforma de streaming a sofrer um esvaziamento de conteúdos da Disney. A própria Netflix, por exemplo, já não possui mais nenhuma produção de nenhum dos estúdios pertencentes a Disney. Isso mostra, portanto, como o Disney+ chegará abalando as estruturas dos concorrentes.

Este é um problema que as plataformas de streaming de vídeo já vêm sofrendo há um bom tempo: dificuldade de construir um catálogo sólido e consistente. Isso porque hoje em dia os principais canais e estúdios já possuem seus próprios serviços de streaming.

Assim, a solução para muitos deles é investir em produções próprias, como tem investido pesadamente a Netflix e mais recentemente o Prime Video.

Produções da Disney que estão atualmente deixando o catálogo do Prime Video

Apenas para você ter ideia do tamanho do esvaziamento que o lançamento do Disney+ está causando nos concorrentes, confira a seguir a lista de filmes e séries que deixarão o catálogo do Prime Video no dia 30 de setembro de 2020:

  • Frozen 2 (2019)
  • Vingadores: Ultimato (2019) e Vingadores: Era de Ultron (2015)
  • Dois irmãos: Uma Jornada Fantástica (2020)
  • Guardiões da Galáxia (2014) e Guardiões da Galáxia Vol.2 (2017)
  • Malévola (2014) e Malévola: Dona do Mal (2019)
  • Vidro (2019)
  • Doutor Estranho (2016)
  • O Rei Leão (2019)
  • Capitã Marvel (2019)
  • Aladdin (2019)
  • Moana: Um Mar de Aventuras (2016)
  • Universidade Monstros (2013)
  • Os Incríveis (2004)
  • Toy Story (1995), Toy Story 2 (1999), Toy Store 3 (2010) e Toy Story 4 (2019)
  • Capitão América: O Primeiro Vingador (2011) e Capitão América 2: O Soldado Invernal (2014)
  • Homem de Ferro (2008), Homem de Ferro 2 (2010) e Homem de Ferro 3 (2013)
  • Thor: O Mundo Sombrio (2013)
  • Detona Ralph (2012) e WiFi Ralph Quebrando a Internet (2018)
  • A Bela e a Fera (2017)
  • Valente (2012)
  • Zootopia (2016)
  • A Princesa e o Sapo (2009)
  • Vida de Inseto (1998)
  • Operação Big Hero (2014)
  • Enrolados (2010)
  • Operação Cupido (1998)
  • Dumbo (2019)
  • Cinderela (2015)
  • O Retorno de Mary Poppins (2018)
  • Lilo & Stitch (2002)
  • Os 5 filmes da franquia Piratas do Caribe
  • Encantada (2007)
  • O Bom Dinossauro (2015)
  • O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos (2018)
  • Rogue One: Uma História Star Wars (2016)
  • Os 09 filmes da franquia Star Wars

Quando será o lançamento do Disney+ e quanto ele custará no Brasil?

O Disney+ já está disponível nos Estados Unidos e em outros países desde novembro de 2019. No Brasil, o lançamento está previsto para o dia 17 de novembro de 2020.

O catálogo de filmes, séries e documentários promete ser um dos melhores do mercado. Isso porque ele contará com produções, por exemplo, do próprio Walt Disney Studios, da National Geographic, da 21st Century Fox, do Universo Cinematográfico da Marvel, da Lucasfilm (estúdio por trás dos filmes do Star Wars), da Fox etc.

Lançamento do Disney+ no Brasil

Além disso, para concorrer com os serviços de streaming mais populares no Brasil, o Disney+ terá uma assinatura um pouco menor que o pacote padrão da Netflix, que atualmente custa R$ 32,90. No Brasil, o preço da assinatura mensal do Disney+ será de R$ 29,00 no lançamento. Portanto, o serviço chegará abalando o mercado de streaming no Brasil!

Agora que terminou a leitura deste artigo, confira esta nossa outra publicação: o que esperar da Disney+ no Brasil!

Alexandre Garcia
Redator da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês e pós-graduando em Teoria da Literatura pela PUC-PR, tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.

Deixe seu comentário