FILHA DAS PROFUNDEZAS | Rick Riordan explora universo de Julio Verne em novo livro

Novo livro de Rick Riordan explorará o universo de "Vinte Mil Léguas Submarinas", clássico escrito por Julio Verne e publicado no século 19.

Rick Riordan, autor de “Percy Jackson e os Olimpianos“, tem se empenhado em fazer que seus leitores conheçam universos distintos. Seja pelo seu selo editorial, o Rick Riordan Presents, ou por livros escritos por ele mesmo, o autor segue produzindo obras infantojuvenis que apresentam novos mitos, realidades e personagens apaixonantes. Um dos trabalhos mais recentes do autor é a obra “Filha das Profundezas” (tradução livre de Daughter of the Deep), que irá explorar o universo de “Vinte Mil Léguas Submarinas“, de Julio Verne.

O anuncio oficial do livro aconteceu na última semana, através de uma postagem da livraria Barnes & Noble, que está disponibilizando o livro em pré-venda. Nela, Rick divulga alguns detalhes sobre a trama e de onde veio suas inspirações. De acordo com o autor, tudo começou quando um executivo da Disney Publishing questionou se havia alguma propriedade intelectual que ele amaria escrever sobre, ainda em 2008. Rick não hesitou em dizer “20 Mil Léguas Submarinas“, de Julio Verne. 12 anos depois, o livro está pronto para ser publicado.

Capa de Filha das Profundezas
Capa provisória do livro “Filha das Profundezas”, de Rick Riordan.

Em um post subsequente feito em seu site, o Tio Rick trouxe algumas novidade sobre o livro, que ainda não teve sua capa oficial disponibilizada. Lá, foi divulgado que o lançamento ocorrerá no dia 5 de Outubro, e que sua pré-venda já está ativa. Também foi apresentada uma sinopse antecipada da trama, que você confere traduzida na íntegra à seguir:

“Ana Dakkar é uma caloura na Academia Harding-Pencroft, um colégio que forma os melhores cientistas marinhos, guerreiros navais, navegantes e exploradores em cinco anos de estudo. Os pais de Ana morreram em uma expedição científica há dois anos, e a única família que lhe restou é seu irmão mais velho, Dev, que também estuda na HP. O ano de caloura da personagem culmina com os desafios marítimos que ocorrem aos finais de semana, cujos detalhes foram mantidos em segredo. Ela apenas espera que tenha o que é necessário para dar certo. Todas suas preocupações vão por água abaixo quando, no caminho do ônibus para o navio, Ana e seus colegas testemunham uma terrível tragédia que irá mudar a trajetória de suas vidas.

Espere, tem mais. O professor que acompanhava informa Ana que a escola rival, o Instituto Land, trava uma guerra fria com a Harding-Pencroft por mais de 150 anos. Agora que a guerra fria atingiu seu ponto máximo, os calouros estão correndo o risco de se tornar comida de peixe. Em uma jornada contra inimigos mortais, Ana fará amigos incríveis e descobertas espantosas sobre sua linhagem enquanto coloca em teste suas habilidades de liderança pela primeira vez.”

Para a Barnes & NobleRick também ressaltou os motivos pelos quais ele escolheu 20 Mil Léguas Submarinas. De acordo com o autor, Julio Verne revolucionou a história da ficção científica ao escrever sobre descobertas que a ciência da época via como fantasia. Capitão Nemo, especificamente, já falava há décadas sobre a importância que os oceanos teriam no futuro do planeta. Em “Filha das Profundezas“, Ana nos guiará em uma viagem que explora o poder dos mares e as mudanças climáticas, elementos-chave para a sobrevivência humana que Verne previu década atrás.

Rick Riordan 20 mil leguas
20 Mil Léguas Submarinas: livro de Julio Verne será inspiração para Rick Riordan (Arte: Abyss).

CONFIRA Também:
CIDADE DO DEUS DE PRAGA | Rick Riordan publica livro de mitologia mesopotâmica escrito por Sarwat Chadda

O livro será igualmente importante para Rick por ser sua primeira história narrada completamente por uma protagonista feminina, Ana Dakkar. A personagem perceberá, ao longo do tempo, que sua hereditariedade é tão complicada quanto a de Percy Jackson, mas dessa vez tem a ver com ciência, e não com deuses gregos. Em um artigo publicado em seu site, o autor ainda brincou perguntando a qual casa de HP os leitores pertencem – HP, no caso, se refere Academia Harding-Pencroft, obviamente. Confira o nome das quatro e suas descrições:

  • House Dolphin (Casa Golfinho): Comunicações, exploração, criptografia, contrainteligência.
  • House Shark (Casa Tubarão): Comando, combate, sistemas de armas, logística
  • House Cephalopod (Casa Cefalópode): engenharia, mecânica aplicada, inovação, sistemas de defesa.
  • House Orca (Casa Orca): medicina, psicologia, educação, biologia marinha, memória comunal.

Rick Riordan também compartilhou que para adquirir experiência e conhecimento sobre os assuntos do livro, ele se aventurou em mergulhos nos mares do Caribe e do Mediterrâneo, se tornou membro do Instituto Naval dos EUA, se inteirou dos serviços e protocolos da marinha e fez uma vasta pesquisa sobre submarinos e o oceano.

Por fim, o autor também confirmou que o livro já está na fase de edição final, com correções de gramática, tipografia, etc. No Brasil, a maioria dos livros de Rick Riordan são publicados pela Editora Intrínseca, mas ainda não sabemos se “Filha das Profundezas” também será.

Para mais informações sobre as obras do autor e Percy Jackson e os Olimpíanos, fiquem ligados no Sobre Sagas! E não se esqueça de deixar nos comentários de nossas redes a qual casa de HP você pertence!

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Criador de conteúdo da área desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário

2 × 2 =