Bordertown | Conheça alguns dos locais reais em que a série foi gravada

É fã da série Bordertown? Conheça aqui alguns dos locais reais em que a série Bordertown foi gravada e prepare as malas para viajar!

Locais reais em que Bordertown foi gravada

Originalmente intitulada Sorjonen, a série de ação criminosa da Netflix ‘Bordertown’ é uma das produções mais aclamadas pelo público que é fã do gênero. Entre os motivos para a trama envolver o público está a locação. Afinal de contas, a produção conta com cenários frios que contribuem demais para que a série seja um verdadeiro espetáculo criminal.

Bordertown não é uma produção original Netflix. Na verdade, a série pertence a Fisher King Production e foi transmitida originalmente pela Finnish Broadcasting Company YLE no ano de 2016, sendo assistida por mais de um milhão de finlandeses.

Além disso, a série foi vencedora do prêmio Golden Venla de “melhor série dramática em 2016” e do “Drama Screening da MipTV”, em Cannes. Nesta matéria do Tech News Brasil, você conhece alguns dos locais reais em que Bordertown, aclamada a nível mundial, foi gravada. Confira!

Onde as gravações de Bordertown aconteceram?

Para quem não sabe, a terra natal da série Bordertown não existe apenas na ficção. Ela é totalmente real.

A cidade da Carélia do Sul onde a trama de Bordertown se passa, Lappeenranta, localizada na Finlândia, a uma distância de 30 km da fronteira com a Rússia, existe de verdade. Inclusive, esse lugar é mesmo o ponto de encontro entre a Rússia e a União Europeia. Às margens do Lago Saimaa, a cidade dita o enredo da trama de Bordertown, transmitindo ao espectador a sensação constante de que toda a história se passa em uma cidade pequena.

No meio disso, não dá para deixar de mencionar que Lappeenranta é conhecida como uma cidade universitária internacional, já que nela existem a Universidade de Tecnologia Lappeenranta e a Universidade de Ciências Aplicadas de Saimaa. O criador da série de televisão, Miikko Oikkonen, afirma que Lappeenranta é um dos personagens principais da série.

Afinal de contas, é explícito na produção que a série foi pensada para ser desenvolvida na cidade natal de seu criador. Assim sendo, não tem como pensar em Bordertown sem pensar na pequena cidade fronteiriça, o que não se deve simplesmente ao nome inglês atribuído à produção.

A respeito de Bordertown, os cenários de Lappeenranta dos quais os fãs tendem a lembrar são o porto e a Cidade Velha, conhecida como “Fortaleza”, que foram os principais locais de filmagem da produção. Aliás, a produção foi desde o início pensada para ser construída na cidade. Não é à toa, portanto, que as duas primeiras temporadas foram filmadas nela.

Outros lugares que foram “casa” para a produção de Bordertown foram a cidade de Joensuu, situada na região da Carélia do Norte, e a cidade de Helsinque. Inclusive, quem fez questão de revelar essas informações foi o diretor da série, Juuso Syrjä, em sua conta no Instagram.

Aliás, para quem é fã da série de crimes, na cidade de Lappeenranta faz-se um tour pelos locais de filmagem. Portanto, caso a agenda esteja livre e seja possível investir no passeio, essa com certeza pode ser uma boa pedida.

Outros locais em que Bordertown foi gravada

A produção finlandesa não se limitou às suas origens. Dessa forma, parte das filmagens também se deram na Lituânia, na velha cidade de Vilnius. Além disso, conforme sugerem algumas fontes, há cenas da série de televisão que foram gravadas em São Petersburgo, na Rússia, como uma substitua da cidade finlandesa que é tida como a principal casa da produção de Bordertown.

A escolha dos locais de filmagem de Bordertown com certeza contribuiu para o espetáculo que é a produção.

Gostou de conhecer alguns dos locais reais em que Bordertown foi gravada? Pois confira também:
Lucifer | Temporada final estreia na Netflix — o que achamos?

Deixe seu comentário

treze − 7 =