MagSafe no iPhone: patente indica nova porta para carga de bateria

O MagSafe no iPhone é uma tendência que a Apple vai adotar para os próximos produtos. O registro recente de novas patentes indica que os smartphones da marca vão contar com o recurso.

Apresentada em um órgão especializado em patentes nos EUA, a patente apresenta um possível iPhone com a porta MagSafe para recarga. Assim, a empresa também abre caminho para aposentar a conexão Lightning, adotando apenas o novo recurso.

MagSage no iPhone
MagSage no iPhone (Imagem: Reprodução / Unsplash)

MagSafe no iPhone: registro de patente indica aposentadoria do Lightning

Registrado nesta quarta-feira (03), o documento mostra um possível iPhone com a presença da porta MagSafe para alimentação.

Com isso, a tendência é que os novos smartphones da Apple não tenham a entra convencional para recarga. No registro, a empresa apresenta um carregador de três pinos, bem semelhante ao de MacBooks mais antigos.

Da mesma forma, além do MagSafe no iPhone, a marca ainda traz um modelo com superfície plana.

Patente de carregador MagSafe no iPhone (Imagem Reprodução USPTO)

MagSafe no iPhone: patente ainda não confirma a presença da porta

Por outro lado, o dispositivo apresentado no registro que recebe a carga não está identificado propriamente como um iPhone.

Ou seja, o registro da patente não confirma o MagSafe no iPhone. Contudo, as imagens, como outros documentos, sugerem que o dispositivo apresentado seja mesmo o principal smartphone da marca.

Isto é, as imagens apresentam um dispositivo com as laterais achatadas e uma borda bem característica dos celulares. A marca, aliás, voltou a adotar na linha iPhone 12 um formato bem semelhante, além do local de contato do MagSafe.

Outra tendência é que, no futuro, a marca aposente a conexão Lightning, substituindo pela mais moderna na parte inferior do celular.

O que é MagSafe?

Mas o que é MagSafe e como a tecnologia se aplica aos smartphones da Apple? Em resumo, trata-se de uma marca criada pela empresa em 2006, introduzida em um conector de energia do MacBook Pro.

Com isso, a peça vai conectada por meio de magnetismo. Ou seja, o cabo de alimentação é preso em seu lugar magneticamente.

Sendo assim, mesmo que fosse puxado, se soltaria do dispositivo sem danificar a entrada ou o próprio conector.

Contudo, a tecnologia foi descontinuada em seu formato original, sendo substituído por um conector UBS-C. Nos dias de hoje, a Apple reviveu o MagSafe no iPhone 12 em 2020.

Empresa não deve adotar conexão USB-C

O registro de patentes do MagSafe no iPhone também pode indicar que a Apple não vai utilizar entradas USB-C em seus smartphones. Pelo menos não tão cedo.

Isto é, além de estimular um uso maior da sua própria entrada, evitar o uso do USB-C faz com que a empresa não prejudique seu programa de acessórios exclusivos.

Atualmente, o investimento em exclusividades para o iPhone é um dos pontos onde a empresa tem maior lucro. Outro ponto de destaque é que a Apple também deve adotar um design sem porta de alimentação para o iPhone.

A conexão via MagSafe possibilita que o celular seja recarregado sem a necessidade de entradas propriamente ditas.

 

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Pois nos siga no Twitter e tenha acesso em primeira mão a todas as postagens aqui do Tech News Brasil!

Guilherme Montiel
Redator da WebGo Content. Especialista em comunicação para internet, com experiência de 04 anos em SEO e Marketing Digital. Apaixonado por tecnologia, comunicação, música e games.
InstagramLinkedinTwitter

Deixe seu comentário

dois × 3 =