Microsoft lança recurso experimental de prevenção de rastreamento para o Edge

Microsoft lança recurso experimental de prevenção de rastreamento para o Edge

Na última quinta-feira, dia 27 de junho de 2019, a Microsoft anunciou o lançamento de uma atualização com um recurso experimental da prevenção de rastreamento para o Microsoft Edge. Ou seja, uma atualização com uma função para prevenir o rastreamento, garantindo que a navegação não seja monitorada pelos sites que os usuários não estiverem acessando.

De acordo com a nota, está nova  atualização na versão de testes do Microsoft Edge baseado no Chromium visa oferecer mais privacidade aos usuários do navegador, uma vez que oferece maior transparência e controle sobre seus dados on-line.

A nota publica e assinada pela equipe Microsoft Edge explica que “O Microsoft Edge Insiders agora pode testar a prevenção de rastreamento ativando o sinalizador experimental nas visualizações de visualização do Microsoft Edge a partir da versão 77.0.203.0 (a versão atual do Canary Channel).”, ela ainda afirma que “A versão atual do Canary não está disponível no momento para o macOS devido a um problema de construção . A prevenção de rastreamento estará disponível na próxima atualização do canal Canary no macOS.”.

Foi destacado que o recurso está atualmente por trás de um sinalizador experimental e desativado por padrão, isso porque se trata de uma versão experimental que pode conter alguns bugs ou problemas iniciais que serão alterados conforme feedbacks dos usuários.

A Microsoft explicou que existem três opções, Básica, Moderada e Estrita, de proteção disponíveis. A primeira bloqueia apenas os rastreadores maliciosos; a segunda é a opção mais recomendada pela Microsoft pois trava também alguns trackers de terceiros e; a última bloqueia a maioria dos rastreadores existentes. Essa opção, porém, pode impedir que alguns sites funcionem corretamente.

Para ativar a prevenção de rastreamento, é necessário acessar a página de configurações experimentais pela barra de endereços, digitando edge://flags/#edge-tracking-prevention, e habilitar a função. Em seguida será necessário reiniciar o navegador e acessar as configurações de privacidade, também pela barra de endereços, digitando edge://settings/privacy. Por fim basta escolher a proteção desejada.

Fonte: Microsoft Blogs Windows

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Fechar Menu