Netflix vai ser obrigada a transmitir canais de TV estatais na Rússia

A plataforma também será obrigada a cumprir outras obrigações legais.

Netflix vai ser obrigada a transmitir canais de TV estatais na Rússia (Imagem: Reprodução/Netflix | Pixabay)
Netflix vai ser obrigada a transmitir canais de TV estatais na Rússia (Imagem: Reprodução/Netflix | Pixabay)

A partir de março de 2022, a Netflix vai ser obrigada a transmitir vinte canais de TV estatais na Rússia. A decisão partiu do Roskomnadzor, o Serviço Federal de Supervisão de Comunicação, Tecnologia de Informação e Meios de Comunicação de Massa, e a plataforma de streaming vai precisar acatar a decisão caso queira permanecer operando no país.

Embora tenha entrado em vigor apenas agora, o órgão havia requerido ainda em 2020 que serviços de streaming on-line com mais de 100.000 usuários diários fossem obrigados a transmitir canais de TV estatais, como o Canal 1 e o Canal da Igreja Ortodoxa Russa, e a cumprir outras obrigações legais, como estabelecer uma subsidiária no país. Além disso, o órgão também poderá solicitar a remoção de conteúdos que envolvam “extremismo” do catálogo do serviço.

A Rússia vem apertando cada vez mais o cerco a empresas internacionais que operam dentro do país. Ano passado, por exemplo, tanto o Google quanto o Twiter foram multados por alegadamente falharem na exclusões de conteúdos considerados ilegais pelo governo russo, como fotos e vídeos envolvendo consumo de droga, pornografia infantil e suicídio.

Caso a Netflix acate as decisões do Roskomnadzor para continuar operando no país, isso poderá abrir brecha para que outros países realizem regulamentações e censuras mais severas dos conteúdos disponibilizados pela plataforma.

Gostou dessa notícia envolvendo a Netflix na Rússia? Pois aproveite e confira também:
Moderadora processa TikTok por trauma mental causado por vídeos pesados

Fonte: Android Central

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário