Problema no controle do Switch pode nunca ser corrigido, sugere Nintendo

Segundo um executivo da Nintendo, o problema de drift no controle do Switch pode nunca ser corrigido totalmente. Entenda a polêmica...

Problema no controle do Switch pode nunca ser corrigido, afirma Nintendo (Imagem: Alvaro Reys | Unsplash)
Problema no controle do Switch pode nunca ser corrigido, afirma Nintendo (Imagem: Alvaro Reys | Unsplash)

Desde o seu lançamento oficial em 2017, o Nintendo Switch segue com um problema persistente: o “drift” do controle Joy-Con. Depois de muito tempo em silêncio sobre isso, a Nintendo deu a entender através de uma recente sessão de perguntas e respostas que o problema do controle do Switch pode nunca ser corrigido realmente.

O problema do drift nada mais é do que um desgaste dos controles do Nintendo Switch, fazendo com que movimentos falsos sejam captados, especialmente pelos analógicos. Mesmo sem o jogador estar movimento os analógicos, entradas falsas são captadas, de modo que o personagem continua se movendo para um dos lados, por exemplo. Curiosamente, o Joy-Con esquerdo é mais afetado pelo problema do que o direito.

E quando esse problema vai ser corrigido? Segundo Ko Shiota, executivo da Nintendo que cuida da Divisão de Desenvolvimento de Tecnologia da empresa, o drift do controle pode nunca ser corrigido totalmente. Numa sessão de perguntas e respostas, o executivo afirmou o seguinte quando questionado sobre o problema ser inevitável ou não:

[…] Os pneus do carro se desgastam à medida que o carro se move, pois estão em constante atrito com o chão para girar. Então, partindo dessa mesma premissa, nos perguntamos como podemos melhorar a durabilidade, e não só isso, mas como tanto a operabilidade quanto a durabilidade podem coexistir? É algo que estamos continuamente enfrentando.

Ou seja, o que Shiota basicamente afirmou foi que, assim como os pneus dos carros naturalmente se desgastam com o tempo, o mesmo acontece com os Joy-Cons do Nintendo Switch — e não há muito o que possa ser feito, embora a empresa esteja tentando encontrar um ponto de equilíbrio entre funcionalidade e durabilidade.

Nesta sexta-feira (08), coincidentemente acontece o lançamento da versão OLED do Nintendo Switch, um pouco mais potente que a anterior e com algumas melhorias. Em breve descobriremos se os engenheiros da Nintendo foram capazes de contornar ou ao menos amenizar o problema do drift do Joy-Con.

Fonte: Nintendo

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

dezenove + 7 =