O Rei das Fugas é baseado em uma história real? Descubra aqui!

A história do filme O Rei das Fugas é baseada em uma história real? Pois descubra aqui no Tech News Brasil!

O filme original da Netflix dirigido por Mateusz Rakowicz, “O Rei das Fugas”, e lançado recentemente na plataforma de streaming, conta a história de um dos criminosos mais famosos da Polônia: Zdzislaw Najmrodzki, que ficou bem famoso no seu país durante os anos 1980 devido às suas grandes fugas da polícia.

Agora você se pergunta: “O Rei das Fugas” é baseado em uma história real? Zdzislaw Najmrodzki realmente existe ou existiu? Quanto da história real foi colocada no filme e quanto é ficção? Pois é isso que você vai descobrir aqui!

O Rei das Fugas é baseado em um história real?

A resposta é sim. Apesar de parecer um filme de ficção, grande parte da história do filme foi baseada nos acontecimentos da vida de Zdzislaw Najmrodzki, porém, como todo filme, tem coisas na história que são modificadas, dramatizadas e inventadas.

Como já foi dito antes, Najmrodzki ficou famoso por sua fugas, e conseguiu escapar da polícia incríveis 29 vezes. E, com isso, se tornou um criminoso bem famoso entre a população polonesa, que ficava intrigada com as suas habilidades de fuga, e também entre a polícia polonesa, que o desprezava e queria prendê-lo a todo custo.

O Rei das Fugas é baseado em uma história real? Descubra aqui! (Imagem: Reprodução/ Netflix, Wikipedia)
O Rei das Fugas é baseado em uma história real? Descubra aqui! (Imagem: Reprodução/ Netflix, Wikipedia)

Quanto do filme é ficção e quanto é fato?

Pelo fato de O Rei das Fugas ser baseado em uma história real, obviamente muito do que tem nele é ou foi baseado em fatos que realmente aconteceram na vida real.

Najmrodzki se tornou muito famoso na década de 1980, desde o seu primeiro crime, cometido aos vinte anos quando ele se meteu em uma briga com um policial em um bar no interior da Polônia. Após ter sido sentenciado a um ano e meio na prisão, ele escapou enquanto era levado para Varsóvia e, após ter fugido, montou uma gangue de ladrões que começou a roubar uma grande quantidade de carros.

A polícia polonesa tinha dificuldades em encontrá-lo, e, com isso, uma milícia civil foi formada para ajudar a polícia na procura por Najmrodzki. Ele continuou fugindo da polícia dando continuidade ao roubo de carros junto com a sua gangue. Em 3 de março de 1983, ele foi pego novamente após uma longa perseguição com a polícia e foi levado até o quartel da milícia para ser interrogado.

Porém, Najmrodzki escapou novamente. Dessa vez, porém, só ficaria um ano livre da polícia, pois ele foi capturado novamente e levado para uma prisão em Białołęka, onde ele recebeu uma sentença de 15 anos. Mas, como já era de se esperar, ele fugiu da prisão mais uma vez, agora por túneis. Ah, e ele até mesmo deixando uma carta, como foi retratado no filme!

Após tudo isso, que fez com que a vida de Najmrodzki se tornasse praticamente um filme de ação, ele ficou muito famoso na Polônia e é lembrado lá até os dias de hoje como um dos criminosos poloneses mais famosos. A fama dele ficou tão grande que ele até teve a sua biografia escrita por Józef Łoziński e também teve um outro filme documentário contando a sua história.

Gostou de ler? Pois aproveite e confira também:
Netflix | 7 filmes baseados em livros que você deve assistir no streaming

Redator da WebGo Content com interesse por tecnologia, jogos e história. Gosta de jogos de simulação e estratégia e encontrou na escrita uma forma de se comunicar com o mundo.

Deixe seu comentário

dez − nove =