Por que ‘7 prisioneiros’ está dividindo opiniões na Netflix? Vale ou não a pena assistir?

Desde sua estreia na semana passada, o filme nacional "7 Prisioneiros" tem divido opiniões. Saiba por que, e se vale a pena assistir ao longa.

O filme nacional 7 Prisioneiros, estrelado por Rodrigo Santoro Christian Malheiros, tem dado o que falar desde que estreou na Netflix.

Com uma trama bastante realista sobre o tema da escravidão moderna, o longa-metragem dirigido pelo cineasta Alexandre Moratto tem dividido as opiniões do público, graças, principalmente, a um ponto específico da trama.

Se você já buscou saber mais sobre o filme na internet, é possível que já tenha visto algo sobre isso e tenha ficado se perguntando se afinal vale ou não a pena dar uma chance para essa história.

Bem, a seguir você confere a nossa opinião sobre isso.

Sobre 7 Prisioneiros

Nessa história, acompanhamos quatro garotos que saem do interior com o objetivo de começar a trabalhar em um ferro-velho em São Paulo e, assim, conseguir dinheiro para sustentar suas famílias humildes.

Ao chegar no local e conhecer o patrão, Luca (Rodrigo Santoro), em pouco tempo eles se veem presos em uma situação análoga à escravidão, onde qualquer tentativa de fuga pode render uma visita violenta às suas famílias.

Nesse cenário, a luta por sobrevivência será diária e dilemas éticos se tornarão constantes na vida desses prisioneiros.

Motivos para 7 Prisioneiros dividir opiniões

Desde sua estreia na quinta-feira passada, 7 Prisioneiros se mantém no top 10 de produções mais vistas da Netflix. Apesar disso, não quer dizer que o filme seja uma unanimidade do público.

Mesmo com elogios de muitos espectadores, há duas coisas específicas que têm feito com que algumas pessoas não gostem tanto assim do filme.

O final (sem spoilers)

Sim, o principal ponto de divergência entre quem amou ou odiou o filme é o desfecho da história.

Com uma trama crua que preza pelo realismo nas relações humanas em uma situação desumana, parte do público esperava por um final diferente e acabou se decepcionando.

Há até mesmo alguns comentários que sugerem que o filme teve um final “aberto”, que “não teve final” ou que deve ter uma continuação.

A verdade é que, para entender o desfecho da história, é necessário prestar muita atenção no desenvolvimento das relações entre personagens e principalmente no dilema do protagonista, Matheus.

Se após ver o filme você sentir que não compreendeu muito bem esse final, nesse artigo aqui a gente tentou deixar tudo mais claro.

Um filme brasileiro

O outro motivo que fez com que parte do público desgostasse de 7 Prisioneiros é menos justo e, infelizmente, tem bastante a ver com um certo pré-julgamento.

Muitos dos comentários negativos encontrados em relação a 7 Prisioneiros justificam seu desgosto pelo filme ser brasileiro, deixando claro o fato de que muitos brasileiros simplesmente não gostam de produções nacionais.

Infelizmente, essa sensação se origina num pensamento antigo de que o que é feito por aqui não tem “qualidade” quando comparado a produções internacionais como as hollywoodianas. E claro que nem todo filme brasileiro é bom (assim como muitos de outros países também não são), mas o problema está em iniciar uma produção brasileira já com esse pré-julgamento.

Realmente a fórmula de Hollywood nunca teve muito espaço no país, em parte porque os investimentos no setor cultural por aqui sempre foram mínimos, inviabilizando projetos robustos, cheios de efeitos especiais ou tramas mirabolantes.

Por outro lado, talvez as pessoas precisem entender que não usar essas fórmulas trazem originalidade ao nosso cinema, e não são poucos os exemplos de produções nossas sendo aclamadas lá fora por causa disso.

Claro que há ainda muitos problemas com roteiros que constroem suas bases em novelas, especialmente nos diálogos (que dão muito certo na TV, mas parecem truncados na telona). Porém, houve uma evolução considerável em relação a isso nos últimos anos, e 7 Prisioneiros é um ótimo exemplo.

Vale a pena assistir ao filme?

Se você leu esse texto até aqui, já deve ter percebido que a opinião pessoal dessa que vos escreve é que sim, vale a pena assistir 7 Prisioneiros na Netflix.

Temos aqui uma trama crua, que trata de um tema doloroso, com interpretações mais do que competentes por parte de nossos artistas brasileiros. Os diálogos são firmes, muito próximos do real, mas, de fato, o final pode não agradar todo mundo, assim como outros elementos da trama.

Mas claro que essa é apenas uma opinião, e se caso você assistir ao filme e não gostar, seja pelo desfechou ou por outro motivo, está tudo bem. Essa é uma história que também merece ser desgostada, contanto que seja pelos motivos justos e não por um pré-julgamento que defina sua opinião antes do primeiro minuto do filme.

CONFIRA Também:

Vale a pena assistir “O Zelador” na Netflix? É realmente de terror?

E se decidir dar uma chance para esse filme nacional, não deixe de voltar aqui e nos contar a sua opinião sobre ele, seja ela favorável ou não!

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário

dezesseis − 4 =