Samsung Galaxy S21 chega ao Brasil sem carregador nem fone na caixa

Em outubro desse ano, nós do Tech News Brasil noticiamos sobre a polêmica de a Apple estar lançando mundialmente o seu iPhone 12 sem carregador nem fone de ouvido na caixa. E parece que a moda pegou: segundo a Anatel, a Samsung também vai lançar o Samsung Galaxy S21 sem carregador e fone na caixa.

Isso se aplica a todos os três modelos do novo smartphone da Samsung que chegam em breve ao Brasil: ao Samsung Galaxy S21, ao Galaxy S21+ e ao Galaxy S21 Ultra. De acordo com uma recente homologação da Anatel relacionada ao modelo, a caixa do aparelho não vai contar nem com carregador, nem com fone de ouvido.

Samsung Galaxy S21 sem caarregador na caixa, segundo Anatel
(Imagem: Reprodução/Anatel)

E a má notícia é que isso aparentemente não vai ocorrer apenas com a linha Galaxy S21. A Samsung provavelmente está testando a estratégia a fim de fazer com o mesmo com todos os seus lançamentos a partir de agora.

Em outubro desse ano, a decisão da Apple foi bastante criticada pelos consumidores. Algumas gigantes da tecnologia, como a Xiaomi, por exemplo, aproveitaram a má decisão da Apple para promover seus smartphones.

A Samsung à época entrou na brincadeira, tirando sarro da Apple a partir do perfil caribenho oficial da empresa no Twitter. Entretanto, ela apagou o tweet um pouco tempo depois da publicação. E agora entendemos o motivo: é porque está nos planos da empresa sul-coreana adotar a mesma estratégia da Apple.

Justificativas para a venda sem carregador nem fone

A Samsung ainda não se pronunciou oficialmente sobre a decisão de não incluir carregador nem fone de ouvido na caixa do Samsung Galaxy S21 e de seus modelos variantes.

Entretanto, é possível que a Samsung esteja seguindo a mesma linha de argumentação da Apple. Ou seja, a ideia de que a venda sem fone nem carregador é benéfica tanto para a empresa quanto para os consumidores.

Meses atrás, quando questionada sobre a decisão, a Apple argumentou que a exclusão do carregador e do fone faz com que a caixa do iPhone 12 diminua consideravelmente de tamanho. Dessa forma, isso facilita e muito o transporte e a logística do aparelho.

Carregador do iPhone 12
Carregador do iPhone 12 (Imagem: Jason Cross/IDG)

Além disso, a decisão, segundo a Apple, também é benéfica para o meio-ambiente. Diminuindo a caixa, menos remessas são necessárias para o transporte. Fora, é claro, que menos matéria prima é utilizada para a fabricação dos acessórios.

A Apple ainda argumentou na época que já há muitos carregadores de iPhone no mundo. Quando um consumidor compra um novo modelo do aparelho, ele geralmente se desfaz do antigo em vez de reutilizá-lo.

Tirar o carregador da caixa força o usuário a reaproveitar o carregador antigo, diminuindo o lixo eletrônico. Entretanto, especialistas na área defendem que a decisão não vai ter um impacto ambiental muito grande, já que carregadores e fones são apenas uma pequena parcela de todo o lixo eletrônico gerado anualmente.

Possível repercussão da decisão

A estratégia da Samsung provavelmente vai causar uma repercussão negativa nas redes sociais, assim como ocorreu com a Apple meses atrás. Empresas rivais certamente vão se aproveitar da decisão da Samsung para promoverem seus produtos.

Entretanto, essa prática parece ser o “novo normal” no mercado de smartphones. Afinal, a Apple é conhecida por lançar tendências, para o bem e para o mal. E esta estratégia parece ser algo que vai ser adotada também por outras empresas.

Samsung Galaxy S21
(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

Ainda assim, espera-se que alguns órgãos de defesa ao consumidor tomem alguma atitude contra a Samsung. No final de outubro, por exemplo, o Procon notificou a Apple pela venda do aparelho sem carregador, embora ainda não tenha conseguido muita coisa.

A ideia não parece ser a de impedir totalmente a venda dos aparelhos sem carregadores, mas de alertar as empresas de que ainda há instituições comprometidas em evitar práticas abusivas.

E aí, o que você achou dessa decisão da Samsung? Concorda com os argumentos apresentados pela Apple sobre a estratégia de vender o aparelho sem carregador nem fone de ouvido? Pois conta para a gente aí nos comentários! 😉

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

três + um =