La Casa de Papel Coreia já está disponível na Netflix. Vale a pena assistir o remake?

"La Casa de Papel Coreia" á chegou à Netflix e nós já temos uma opinião sobre ela. Confira se vale a pena assistir essa versão da história.

Após meses desde seu anúncio, La Casa de Papel Coreia chegou na Netflix e em breve deve assumir as primeiras posições no ranking de séries mais vistas na plataforma. Mas, apesar de toda a visibilidade da série, vale mesmo a pena assistir esse remake do fenômeno espanhol?

Com produção do criador original Alex Piña, o anúncio de uma versão coreana de La Casa de Papel, pegou todo mundo de surpresa, especialmente por ocorrer em um período tão curto entre sua possível estreia e o final da série original.

Apesar disso, a curiosidade do público se manteve firme para saber se esse remake daria certo ou não, e agora, com todos os seis episódios lançados nessa sexta-feira (24), as conclusões já estão sendo tiradas.

Sendo assim, se você ainda está na dúvida se vale a pena começar a assistir La Casa de Papel Coreia na Netflix, confira a nossa opinião sobre a série, além de detalhes sobre seu elenco.

Sobre La Casa de Papel Coreia

la-casa-de-papel-coreia-ja-esta-disponivel-na-netflix-vale-a-pena-assistir-o-remake

Em La Casa de Papel Coreia somos apresentados as novas versões dos personagens já conhecidos da versão original espanhola, assim como uma trama semelhante.

Dessa forma, um grupo de ladrões é recrutado por um gênio estrategista para realizar o maio assalto que o mundo já viu. O alvo: a Casa da Moeda da Coreia Unificada, onde eles devem limpar os cofres.

Com um plano que envolve a prisão de reféns, os bandidos invadem o órgão público e em pouco tempo a polícia está envolvida. Agora, as autoridades têm a missão de impedir que o roubo aconteça, ao mesmo tempo que vão em busca do líder por trás da operação.

Elenco

O elenco de La Casa de Papel Coreia é repleto de estrelas bastante famosas na Coreia do Sul, ainda que possam não ser tão conhecidos no Brasil.

Uma informação importante sobre a série, é que ela manteve as nomenclaturas originais dos assaltantes, ou seja, o nome das cidades que eles usaram na série original.

Dessa forma, o ator Yoo Ji-tae é quem assume o posto do líder do bando, dando vida ao Professor.

Park Hae-soo, ator que será reconhecido pelo público por sua participação na primeira temporada de Round 6, é quem assume o papel do impulsivo Berlim nesse remake.

Já a personagem mais amada e odiada da série original, Tóquio, ficou sob a responsabilidade da atriz Jeon Jong-seo.

Os outros nomes que fecham o elenco da gangue de ladrões são Lee Wong-jong, Kim Ji-hoon, Jang Yoon-ju, Lee Hyun-woo, Kim Ji-hun Lee Kyu-ho.

Vale a pena assistir La Casa de Papel Coreia

A resposta sobre valer ou não a pena assistir La Casa de Papel Coreia pode não ser tão simples, e vai depender muito de alguns fatores.

Vamos começar falando da série em si. Ainda que seja uma adaptação fiel da série original espanhola, La Casa de Papel Coreia já começa deixando claro que terá uma identidade própria, ao menos no que se refere as motivações dos personagens e do próprio assalto.

Assim como na série original, a primeira personagem que conhecemos é Tóquio, no entanto, o passado da assaltante é um bom tanto diferente daquele que conhecemos na série anterior.

Aqui, a jovem é natural da Coreia do Norte, onde, durante a guerra das Coreias, fez parte do exército. Quando o anúncio da unificação dos dois países aconteceu, cheio de promessas de melhorias para o povo, ela se mudou para o país do Sul. No entanto as promessas de bons empregos e sustento digno se mostraram mentiras do governo, fazendo com que ela decidisse enveredar pelo caminho do crime.

Essa questão da unificação das Coreias e da situação econômica dos países que acabou beneficiando apenas quem já era rico, é uma grande questão na série. Os problemas do capitalismo e das desigualdades sociais eram mencionados na série original e sempre foram o foco do Professor, mas a versão coreana elevou tanto isso, que fez da situação quase um personagem unitário e a grande motivação por trás dos atos de praticamente todos os personagens.

Praticamente todos eles sofreram com alguma injustiça por parte de seus governos, seja de forma financeira ou humanitária, e suas histórias acabam sendo bem aprofundadas ao longo dos episódios.

Com isso, de alguma forma, os personagens da nova versão parecem ser um pouco menos egoístas do que os anteriores, já que é aparente que mesmo ansiando pela riqueza própria, para quase todos, esse roubo é uma questão de princípios e justiça social.

Apesar desses pontos que são bastante positivos, algumas coisas podem incomodar bastante os fãs da série original.

O principal deles é que, de modo geral, a série é uma cópia quase que completa de La Casa de Papel espanhola, com pouquíssimas divergências entre às duas histórias.

Para se ter uma ideia, até mesmo cortes de câmeras são iguais. Situações que poderiam ser tratadas com muito mais criatividade e originalidade aqui, foram preguiçosamente copiadas, como a policial que sempre prende o cabelo para falar com o Professor e outras situações marcantes da primeira série que simplesmente não precisavam estar aqui.

No geral, a série tem seu mérito, mas fazer tudo muito igual a série original, pode ter sido um grande tiro no pé.

Para além disso, os episódios poderiam ser mais curtos, pois, apesar da ação regular, a história já conhecida, acaba se tornando cansativa ao longo dos minutos.

Concluindo, La Casa de Papel Coreia está longe de ser ruim, no entanto, para quem não curte ver cópias daquelas histórias que já conhece, pode não valer a pena assistir essa versão.

Por outro lado, tanto para quem não assistiu a primeira série, quanto para quem assistiu, gostou e adoraria ter um olhar diferente sobre essa história a dica é: se joga! A produção é convincente e certamente vai agradar esse tipo de espectador.

CONFIRA Também:

Sextou! 5 estreias da Netflix para você curtir durante esse final de semana

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

2 comentários

  • […] Gostou de ler? Pois aproveite e confira também: La Casa de Papel Coréia já está disponível na Netflix. Vale apena assistir o remake? […]

  • […] La Casa de Papel Coreia já está disponível na Netflix. Vale a pena assistir o remake? […]

Deixe seu comentário