Only Murders in the Building: 5 coisas para lembrar antes de começar a 2ª temporada

"Only Murders in the Building" voltou essa semana, mas se você ainda não começou a ver, confira detalhes para lembrar antes de dar play.

A segunda temporada de Only Murders in the Building estreou na última terça-feira com o lançamento dos dois primeiros episódios desse novo ano, mas se você ainda não começou a assistir, nós preparamos uma lista com algumas coisas importantes para se lembrar da temporada passada.

Lançada em 2021, essa série que mistura comédia e investigação criminal se tornou um dos carros chefes do catálogo do Star Plus, tanto por seu roteiro, quanto por seu elenco estelar com Selena Gomez, Steve Martin Martin Short dando vida ao trio de detetives mais improvável da TV.

Com um final surpreendente da primeira temporada, a verdade é que muitos detalhes podem ter sido esquecidos por você. Sendo assim, confira acontecimentos de Only Murders in the Building que você precisa lembrar antes de dar play na 2ª temporada.

5 – As motivações por trás da criação do podcast

Com nossos três moradores do Arconia viciados em podcasts de True Crime, não demora para que eles tenham a ideia de criar seu próprio programa quando Tim Kono aparece morto.

O que descobrimos depois é que, para Oliver, o podcast é muito mais que uma “brincadeira”, e que o ex-diretor de musicais da Broadway na verdade é um homem completamente endividado que vê no programa sua grande oportunidade de conseguir dinheiro para quitar suas dívidas. Essa motivação acaba tendo implicações mais tarde durante a caçada pelo verdadeiro assassino.

4 – O Segredo de Mabel

o-segredo-de-mabel-only-murders-in-the-building-lembrar

Desde o primeiro episódio sabemos de Mabel tem um segredo envolvendo Tim, e ao longo dos episódios descobrimos qual é.

Acontece que, da infância até a adolescência, Mabel e Tim eram amigos e faziam parte de um grupo inseparável, até que uma tragédia aconteceu em uma noite de Ano Novo. A amiga deles, Zoe, é assassinada ao cair do terraço do prédio e com isso, seu namorado na época, Oscar, acaba sendo acusado e condenado por sua morte.

Mabel tem certeza que Oscar não é o culpado, e sabe que Tim poderia provar a inocência do amigo de ambos, mas nunca o fez. Dessa forma, quando Tim aparece morto, ela decide investigar o caso já que ele pode estar ligado ao segredo sobre aquela noite que Tim não quis revelar à polícia.

3 – A investigação de Tim

Ao irem até o antigo bairro de Mabel, depois de ela encontrar um bilhete com coordenadas no apartamento de Tim, o trio e Oscar são informados de que ele estava investigando um joalheiro conhecido como Angel.

Mais tarde descobrimos que Angel não é ninguém menos que Teddy Dimas, o ex-parceiro de negócios de Oliver e único investidor do podcast dos três, que trabalha roubando joias de pessoas mortas.

O filho de TeddyTheo, foi o verdadeiro culpado pela morte de Zoe e para livra-lo, Teddy ameaçou a vida de Mabel Oscar caso Tim contasse alguma coisa. Com isso, Tim passou a buscar outras formas de incriminar os Dimas pelo que fizeram com seus amigos. Apesar disso, ao final do episódio 8 descobrimos que não foram eles que mataram Tim.

2 – O verdadeiro assassino

Depois de checarem as provas que haviam coletado no apartamento da vítima, Mabel Oliver descobrem que o lixo que Tim tirou no dia em que morreu não era dele, concluindo que ele provavelmente tinha uma/um namorada/o. Com isso, eles passam a abordar o caso como um crime passional.

Depois disso, ao olharem a caixa de “brinquedos sexuais” de Tim, eles acham a pista que os leva a descobrir a verdadeira assassina: um limpador de Fagote, que eles concluem ser de Jan, revelando que ela era a amante do assassinado.

Desesperados, eles contam sua descoberta para Charles, que demonstra não acreditar na teoria, mas que mais tarde revela que já desconfiava da namorada para ela própria.

Envenenado por Jan, ele acaba perdendo os sentidos enquanto Jan planeja um genocídio de todos os moradores do prédio na intenção de cobrir seus rastros.

Por sorte Mabel Oliver entendem o plano ao ouvir a confissão da assassina no celular de Charles e, no último minuto, conseguem deter a vilã no porão do prédio. Jan vai presa e o caso Tim Kono está finalmente resolvido.

1 – Outro assassino no prédio

Quando tudo parece resolvido e o podcast é concluído com sucesso, no final do último episódio somos surpreendidos com o assassinato de Bunny, a síndica do prédio, que aparece morta com um moletom do podcast e com as agulhas de tricô de Mabel como a arma do crime.

Por fim, nossos três protagonistas são presos após serem encontrados na cena do crime e ao final vemos que Cinda Canning, a famosa apresentadora de podcasts que eles consultaram anteriormente, decidiu roubar o programa dos três, e agora deve contar esse novo caso de assassinato do Arconia.

CONFIRA Também:

5 séries de investigação criminal no Star Plus para quem ama “Only Murders in the Building”

E então, agora que você já lembrou de tudo o que aconteceu antes, é só dar play nos dois primeiros episódios da 2ª temporada de Only Murders in the Building no Star Plus.

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário