Vikings: Valhalla – Preciso assistir ‘Vikings’ para entender a história?

Se você está se perguntando se precisa assistir "Vikings" para entender a série "Vikings: Valhalla" a gente esclarece sua dúvida nesse texto.

A nova série da Netflix, Vikings: Valhalla estreou com um sucesso estrondoso na plataforma, sendo maratonada por vários assinantes durante o final de semana inteiro. Mas afinal, é preciso assistir a série anterior,Vikings, para conseguir entender a história de Valhalla?

Produzida originalmente pela Netflix, a nova série baseada nos feitos históricos do antigo povo nórdico já se encontra no top 10 mundial de produções mais assistidas da plataforma.

Com hype grandioso devido a série anterior, o streaming confia tanto no sucesso da produção que já garantiu outras duas temporadas de Vikings: Valhalla, além da que já estreou na última sexta-feira (25).

Mas se você nunca assistiu Vikings e se interessou pela série sequência, nesse texto a gente te conta se é possível curtir Valhalla mesmo sem ter visto a série original. Confira!

É preciso assistir Vikings para entender Vikings: Valhalla?

vikings-valhalla-preciso-assistir-vikings-para-entender-a-historia

Ambientada 100 anos após os eventos da série original, no geral não é estritamente necessário assistir Vikings para conseguir entender Vikings: Valhalla.

Apesar dos novos eventos se passarem nos mesmos locais e darem sequência a história dos vikings, os personagens são outros, assim como os pontos de tensão que resultam nas novas batalhas da série da Netflix.

Sendo assim, é possível compreender perfeitamente Vikings: Valhalla sem ter visto a produção anterior.

Considerando que a série original é uma produção do History e não da Netflix, percebe-se que, ainda que o streaming faça de tudo para atrair os fãs originais da história (conseguindo com êxito), houve o cuidado de fazer com que a nova série seguisse uma linha independente. Dessa forma, essa produção vai conseguir agradar tanto quem já está ambientado nesse universo, quanto quem está chegando agora.

Sendo assim, além de algumas referências interessantes que trarão um sorriso ao rosto de quem assistiu Vikings, o novo espectador dessa história não perde muito por não ter acompanhado a primeira produção. Pelo menos por enquanto e falando de maneira geral.

Falamos assim porque, de fato para quem quer realmente se aprofundar na história viking, é sempre mais interessante conhecer tudo. Além disso, considerando que a nova série já possui outras temporadas confirmadas, ainda não sabemos se chegará um ponto onde será preciso ter mais referências passadas para continuar compreendendo.

De qualquer forma, o que importa é, até o momento, você não é obrigado a assistir as 6 temporadas de Vikings para só então acompanhar Vikings: Valhalla. Se a medida em que a série avançar isso passar a ser essencial (ainda que isso seja improvável), nós com certeza te avisaremos por aqui.

Sobre Vikings: Valhalla

Produzida pelo criador original de Vikings, Michael Hirst, a sequência da história dos vikings é baseada em outros nomes históricos importantes da história real dos vikings.

No caso, a nova história tem como personagens principais os guerreiros Leif Erikson, sua irmã Freydís Eiriksdóttir e o príncipe nórdico Harald Hardrada. 

Na história, passada um século após os eventos da série original, os desentendimentos entre o povo vikings e a realeza inglesa chega a um ponto crítico, resultando em embates sangrentos que colocarão em risco os dois povos.

Para além disso, as crenças cristãs e pagãs também são motivo para frequentes desentendimentos entre os próprios vikings.

Em meio a tudo isso, os três protagonistas seguem seus caminhos em busca de sobrevivência e glória.

A primeira temporada de Vikings: Valhalla já está disponível na Netflix e conta com 8 episódios com média de 50 minutos cada.

CONFIRA Também:

Uma história que mostra que a corrupção não é o melhor caminho está fazendo sucesso na Netflix

E então, você pretende assistir Vikings antes de ver Vikings: Valhalla? 

Quando terminar a nova série, não deixe de voltar até aqui e nos contar a sua opinião, ok?

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário