Nunca assistiu La Casa de Papel? Pois veja 5 ótimas razões para começar HOJE MESMO!

Quer alguns bons motivos para assistir "La Casa de Papel"? Então, a gente te dá cinco para que você aperte o play ainda hoje!

la casa de papel motivos

Se você não mora em uma caverna, deve saber que a série La Casa de Papel estreou sua última temporada na semana passada, certo? É claro que, se você nunca parou para assistir a essa produção, talvez não entenda todo o fascínio envolta dela, mas que tal mudar isso e conferir alguns bons motivos para dar uma chance para La Casa de Papel?

A série lançada originalmente em 2017 não demorou nem um pouco para se tornar um completo fenômeno no mundo todo. Dando uma cara completamente renovada para produções espanholas, a obra tentou se desfazer ao máximo dos dramalhões típicos e deu muito mais dinamismo para uma história marcante de assalto a banco.

Finalizada e com suas cinco temporadas disponíveis na Netflix, essa pode ser a melhor hora para finalmente você conhecer La Casa de Papel e aqui estão 5 bons motivos para isso.

1 – Um roteiro imprevisível

Claro que, se ao longo dos anos você acabou pegando alguns spoilers dessa história, algumas cenas podem acabar perdendo um pouco do impacto. Ainda assim, a imprevisibilidade do roteiro de La Casa de Papel é algo presente não apenas em seus momentos mais marcantes, mas em quase todo o plano dos roubos.

Dificilmente é possível saber de que forma esse ou aquele personagem irá sair de uma situação, e por vezes somos pegos de surpresa com atitudes que nunca imaginamos que aquele personagem acabaria tomando ou por uma reviravolta genial orquestrada pelo Professor.

Certamente se você busca uma história que monta um quebra-cabeça não-óbvio, esse é um motivo para assistir La Casa de Papel.

2 – Ótimos personagens

É bastante impressionante como quase todos os personagens de La Casa de Papel são aprofundados ao longo da história. Quase nenhum deles está ali simplesmente para tapar buraco e todos contam com um passado interessante e um objetivo claro para participar da trama.

Muito mais que Professores, Nairóbis, Berlims eTókios, até mesmo aqueles personagens que não são muito conhecidos por quem não assiste à série são carismáticos, profundos e indispensáveis para a conclusão da história.

3 – É divertida demais

Se você está em busca de uma série divertida, daquelas que por várias vezes te faz pular na cadeira de empolgação, eis mais um ótimo motivo para começar a assistir La Casa de Papel.

A série é divertida desde o início, seja por seus personagens com temperamentos difíceis e diferentes, ou pelas saídas mirabolantes encontradas pelo Professor para livrar a cara de sua gangue.

As tiradas humorísticas em alguns momentos também trazem mais leveza para a história e enriquecem o roteiro.

4 – Nem vilões, nem mocinhos

Talvez uma das coisas mais interessantes de La Casa de Papel é que não existem personagens “preto e branco”. Todos são cinzas e ninguém pode ser realmente considerado um vilão ou um mocinho na história.

Isso traz um grande senso de realidade para o enredo que, mesmo puxando a sardinha para o lado dos assaltantes (é claro), deixa claro o tempo todo que não existem heróis e que qualquer um está sujeito a atos antiéticos a depender da situação, seja um assaltante ou um policial.

5 – Cenas de ação eletrizantes

Em se tratando de assaltos, é claro que as cenas de ação são pontos muito importantes na história, certo? Pois se você gosta daquelas sequências que te deixam tremendo de ansiedade, então esse é mais um motivo para dar uma chance para La Casa de Papel.

Desde confrontos armados, até fugas que parecem não ter a menor chance de dar certo, ou a necessidade de se esconder em situações impossíveis… tudo isso você encontra nessa série espanhola e acaba perdendo o fôlego junto com os personagens.

CONFIRA Também:

3 acertos e 3 erros do final de La Casa de Papel — segundo os assinantes da Netflix!

E então, te demos bons motivos para assistir La Casa de Papel? Se sim, quando terminar a série, volte aqui e nos conte sua opinião!

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário