The CW | Venda do canal para a Nexstar pode mudar drasticamente produções

Segundo o The Hollywood Reporter, venda da The CW para a Nexstar pode fazer com que o canal invista mais em conteúdo político e reprises.

The CW

Desde o início de sua operação nos Estados Unidos, em 2006, a emissora norte-americana The CW Network tem se destacado entre as demais por suas produções originais de sucesso internacional. Foram os casos, por exemplos, das séries The Vampire Diaries“, “Supernatural“, “Gossip Girl” Riverdale“, cujas repercussões são capazes de as manter em alta até a atualidade.

Na última semana, entretanto, foi revelado que a ViacomCBS e a WarnerMedia, empresas que operam a emissora desde sua inauguração, estão interessados a vender a marca para outros estúdios de produção, pois de acordo com algumas métricas divulgadas recentemente, a operação do canal não rende lucros para os grupos desde o início de suas atividades, e agora que as duas empresas já contam com suas plataformas de streaming, os contratos de distribuição da The CW com outros serviços ficaram ainda mais restritos.

De acordo com uma matéria recentemente publicada pelo tabloide The Hollywood Reporterum dos principais interessados na aquisição da emissora é o grupo de mídia Nexstar, que vem tentando expandir suas regiões de abrangência durante os últimos meses. Os rumos que as produções da The CW podem tomar após a aquisição, entretanto, ainda preocupam alguns fãs dos títulos da marca.

De acordo com alguns insiders consultados pelo THR, é bastante provável que o conteúdo produzido pela The CW passe por alterações drásticas no caso da empresa ser vendida para a Nextar. Segundo o tabloide, caso a venda se conclua, é bastante provável que a emissora volte seus conteúdos para a política e a reexibição de algumas séries que marcaram a trajetória da marca,  o que pode afetar diretamente o calendário de produções originais da empresa.

O jornal também revelou que uma das principais motivações por trás da compra era o interesse nas operações da The CW nas cidades de Detroit (Michigan), Tampa (Flórida), Atlanta (Georgia), FiladélfiaPittsburgh (Pensilvânia), regiões que aumentariam bastante o capital político da empresa que, há anos, retém parte dos seus lucros provindos de publicidade política durante o período eleitoral.

CONFIRA Também:
Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa | Filme será lançado no HBO Max; saiba quando!

Novas informações sobre o acordo de venda da marca devem ser divulgadas em breve pelas empresas proprietárias. Para mais informações sobre o caso e as produções originais da marca, fiquem ligados aqui no Sobre Sagas!

Fonte: The Hollywood Reporter

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Criador de conteúdo da área desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário

vinte + vinte =