Uber começa a monitorar os antecedentes criminais dos motoristas continuamente

Uber começa a monitorar os antecedentes criminais dos motoristas continuamente

A Uber começou a implementar sistemas de verificação de antecedentes através da coleta de dados em tempo real, para melhorar a segurança de seus usuários. O sistema começou a ser testado no início de julho em motoristas nos EUA.

De acordo com relato da empresa Axios, a Uber possui um processo para verificar os antecedentes criminais dos motoristas, no entanto, é feita uma verificação de antecedentes inicial e a empresa não acompanha violações ou incidentes posteriores, o que acaba gerando muitos incidentes de violência ou comportamento inseguro de motorista.

Para garantir uma melhor segurança aos seus usuários a Uber fez uma parceria com a Checkr e a Appriss para que forneçam dados de segurança. Esta parceria proporciona uma  coleta de dados em tempo real, que é repassado a Uber se um de seus motoristas for acusado (novas acusações criminais) de um crime, para devidas providencias da empresa.

Conforme relato do vice-presidente de segurança da Uber Gus Fuldner, à empresa Axios, os testes implementados recentemente nos EUA, causaram a remoção de 25 motoristas até o momento, devido aos novos critérios de segurança da Uber.

O novo sistema de segurança ainda se encontra em fase de testes e por isso ainda não existem cronogramas ou previsão para implementação no Brasil ou em outros países.

Fonte: Axios

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Fechar Menu