Este novo filme da Netflix mistura drama e artes marciais! Vale a pena assistir?

Estreou na Netflix 'Ferida', filme original do serviço de streaming. Conheça a produção e descubra se vale a pena assistir à trama.

Vale a pena assistir 'Ferida' na Netflix?

A produção que está chegando hoje ao catálogo da Netflix é ‘Ferida’, thriller de drama e suspense que mistura artes marciais. O novo filme da Netflix intrigou os fãs da plataforma desde que o trailer oficial foi liberado pela empresa.

Nesta matéria do Tech News Brasil, você conhece um pouco mais da nova produção da Netflix e descobre se vale ou não a pena assistir Ferida na Netflix! Confira!

Sobre o filme Ferida

O mais novo filme de drama e suspense da Netflix, que estreou hoje (24) no serviço de streaming, é estrelado pela atriz icônica Halle Berry, que costuma entregar uma performance de alta qualidade em qualquer papel, sendo uma atriz bastante prestigiada e também premiada — ganhou o Oscar de Melhor Atriz no ano de 2002. Ela é mais conhecida por protagonizar A Última Ceia (2001) e Mulher-Gato (2004).

Além de estrelar a nova produção da Netflix, Berry também assina a direção do filme. Por sua vez, a responsável pela roteirização de Ferida é Michelle Rosenfarb, como roteirista estreante.

A trama de Ferida gira em torno de Jackie, uma lutadora de MMA decadente que é obrigada a se aposentar depois de uma derrota gigante, mais conhecida por Justice. De forma clandestina, ela surge em meio aos ringues outra vez. Esse cenário, porém, muda quando seu filho Manny, que ela abandonou quando ele tinha apenas 6 anos de idade, acaba reaparecendo. Agora, com o filho por perto, ela se mantém inspirada rumo à redenção, tendo como adversárias as estrelas mais vorazes do MMA.

O filme da Netflix tem como título original Bruised’, que quer dizer, em tradução livre, “machucada” ou “ferida”, como foi traduzido para a versão brasileira. Vale mencionar que a produção conta com cenas intensas de artes marciais e muito sangue, por isso não é recomendada para menores de 18 anos.

Confira também:
Gavião Arqueiro | Relembre tudo o que aconteceu nos Episódios 1 e 2

Afinal, vale a pena ou não assistir Ferida na Netflix?

Sim, com certeza vale a pena dar uma conferida no novo filme de drama da Netflix. Mas, claro, sem deixar de considerar a classificação etária do longa metragem, que é de 18 anos. O filme conta, como comentamos anteriormente, com cenas intensas de luta, portanto pode ser um pouco difícil de acompanhar para aqueles espectadores mais sensíveis. Por outro lado, se você não se importa com cenas como essas e também gosta de uma boa história, Ferida pode ser uma grande pedida.

O primeiro motivo que justifica o fato de Ferida valer a pena é que a produção é estrelada por Halle Berry, que nunca decepciona o espectador, tornando até as histórias mais fracas em super histórias. De modo geral, a atriz costuma entregar o melhor de si aos personagens que interpreta e com Ferida não é diferente. Berry mais uma vez está pronta para emocionar e envolver o público.

Em outras ocasiões, a atriz já provou que é capaz de tudo para manter outras pessoas em segurança, mesmo que ela tenha que lutar com unhas e dentes. Nesta produção, ela se inspirará no filho de sua personagem para mostrar que ainda é a melhor naquilo que sempre fez ao longo da vida dela: lutar.

Além de contar com uma excelente atuação da parte de Berry, vale mencionar que a atriz e diretora do longa dedicou os últimos anos a um treinamento físico que lhe permitisse chegar ao resultado que julgou ser o melhor para a história do filme, passando por treinamentos de até 5 horas por dia. Ou seja, podemos contar com grandes cenas de luta para Ferida, que devem ser intensas e difíceis.

Se você gosta de bons filmes de lutas, com uma performance de alta qualidade e uma boa história por trás, então não deixe de assistir ao novo lançamento da Netflix!

Gostou de saber se vale a pena assistir Ferida na Netflix? Pois confira também:
Katherine Heigl | 10 filmes imperdíveis da atriz, que faz aniversário hoje

Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e em Marketing Digital. Amante de filmes de ação com protagonização feminina e fã de café à meia-noite.

Deixe seu comentário

13 − 3 =