Vale a pena assistir ao filme Ascensão do Cisne Negro na Netflix?

Está em dúvida se vale ou não a pena assistir ao filme Ascensão do Cisne Negro, exclusivo Netflix? Pois confira a nossa opinião!

Vale a pena assistir Ascensão do Cisne Negro

O suspense de ação dirigido por Magnus Martens chegou recentemente ao catálogo da Netflix. Se você quer saber se vale a pena assistir Ascensão do Cisne Negro’, então confira essa matéria que o Tech News Brasil preparou.

A produção conta com um ótimo elenco que, inclusive, tem grandes nomes. Mesmo assim, a obra não tem agradado tanto ao público e à crítica. Tendo isso em vista, vamos falar mais sobre o filme e descobrir se essa pode ser uma boa opção para se assistir ou não.

Sobre o filme Ascensão do Cisne Negro

O filme é baseado no livro homônimo de Andy McNab, um ex-soldado britânico. A produção cinematográfica tem como diretor Magnus Martens e foi lançada no dia 16 de março de 2021 nos EUA, chegando ao catálogo da maior plataforma de streaming, a Netflix, só no dia 27 de agosto de 2021.

Para quem já acompanhou as grandes produções The Walking DeadOutlander, dois sucessos no âmbito das séries de televisão, há duas figuras já conhecidas. Talvez não exatamente nas telas, mas por trás das câmeras. A primeira figura já conhecida é o próprio Magnus Martens, que esteve envolvido em episódios de Agentes da S.H.I.E.L.D., Banshee, e outras produções.

A segunda figura, que por sua vez aparece nas telas, é Sam Heughan, o grande protagonista da série, Outlander, amada pelo grande público. O ator também ganhou visibilidade com Meu Ex é um Espião, em que se pode dizer que roubou a cena.

A trama de Ascensão do Cisne Negro gira em torno de Tom, interpretado por Sam Heughan, um operador das forças armadas que leva sua namorada, Dra. Sophia Hart (Hannah John-Kamen), para Paris onde pretende pedi-la em casamento. A paz do casal é interrompida quando um grupo de mercenários sequestra o trem em que estão viajando. A líder é a mercenária Grace Lewis (Ruby Rose) que, com sede de vingança, ameaça expor os piores segredos do governo britânico.

Vale salientar que, estando no top 10 da Netflix, a trama já ultrapassou os sucessos recentes Ele é Demais, remake de Ela é Demais (1999), e Justiça em Família, filme estrelado por Jason Momoa.

Afinal, vale a pena assistir Ascensão do Cisne Negro?

Sobre o filme Ascensão do Cisne Negro
Imagem: Reprodução/Netflix

Uma resposta direta para essa pergunta é: depende. Para quem é fã de algum dos nomes envolvidos, na produção ou no elenco, assistir ao filme pode valer a pena e compensar o tempo.

Mas a produção em si tem alguns problemas. Entre eles o mau desenvolvimento dos personagens e da história, que deixa lacunas. Para começar, o protagonista já tinha as passagens de avião, mas viaja de trem com a namorada.  Além disso, o filme de suspense conta com coreografias que poderiam ter sido melhor ensaiadas.

Mesmo contando com um bom elenco, Ascensão do Cisne Negro deixa a desejar. Diante de suas habilidades, Sam Heughan teria toda liberdade para desenvolver o personagem heroico que salva todos os passageiros de um trem. Ainda assim falta na história uma construção adequada.

De maneira semelhante, na trama vemos uma mercenária que pretende revelar segredos obscuros sobre o governo enquanto comanda o sequestro de um trem. A atuação de Ruby Rose foi essencial para sustentar o papel. Isso porque a atriz conseguiu se colocar na posição de uma mulher intimidadora e devidamente fria. Além disso, o breve desenvolvimento da trama deixa a sensação constante de que falta algo.

Dessa forma, quem procura uma mega produção, com grandes conflitos e desfechos políticos, tende a se frustrar com o novo filme do catálogo da Netflix. Por outro lado, aqueles que apenas querem uma produção recheada de ação para se entreter podem se dar por satisfeitos com Ascensão do Cisne Negro.

Gostou de saber se vale a pena assistir Ascensão do Cisne Negro? Pois confira também:
Vale a pena assistir Justiça em Família na Netflix? Confira aqui!

Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e em Marketing Digital. Amante de filmes de ação com protagonização feminina e fã de café à meia-noite.

Deixe seu comentário

1 × 5 =