Vale a pena assistir ‘Intrusion’ na Netflix? Descubra nossa opinião!

Será que vale a pena assistir 'Intrusion' na Netflix? Conheça um pouco da produção e descubra a opinião do Tech News Brasil sobre o filme.

O filme Intrusion, que estreou ontem(22) na Netflix, é uma das novas apostas de suspense do serviço de streaming. Estrelada por Logan Marshall-Green e Freida Pinto, a produção, que é um dos últimos lançamentos do mês de setembro de 2021, traz aspectos baseados na vida real.

Nesta matéria do Tech News Brasil, você conhece um pouco mais do novo filme de suspense da Netflix e descobre a nossa opinião sobre se vale a pena ou não assistir Intrusion. Confira!

Sobre o filme Intrusion

Sobre o filme Intrusion
Cena do filme de suspense ‘Intrusion’, original da Netflix (Imagem: Reprodução/Netflix)

O filme Intrusion tem como estrelas os ator Logan Marshall-Green e a atriz Freida Pinto.

Enquanto o trabalho de destaque de Logan Marshall, até o momento, é o filme de ação e ficção científica Upgrade: Atualização (2018), Freida Pinto, uma atriz indiana, se fEz conhecida por ter participado do filme vencedor do Oscar de Melhor Filme Quem Quer Ser Um Milionário? (2008). Quem também está no elenco é o ator Robert John Burke, do filme RoboCop 3 (1993) e da série adolescente de sucesso Gossip Girl, onde interpreta o pai do personagem Chuck Bass.

A trama de Intrusion, escrita por Chris Sparling e dirigida por Adam Salky, gira em torno do casal recém-casado Meera e Henry, que se muda de Boston para a cidade pequena Corrales, no Novo México, a fim de encontrar paz.

A casa para onde estão se mudando foi arquitetada pelo próprio Henry, que deseja dar à esposa sobrevivente do câncer de mama um ambiente emocionalmente saudável. Na noite em que desejam comemorar a inauguração da casa nova, uma invasão acontece e segredos parecem querer vir à tona.

Se você é assinante Netflix, pode gostar de ler também:
The Crown | Descubra por que a série foi cancelada na 6ª temporada

Afinal, vale a pena assistir Intrusion na Netflix?

Se vale ou não a pena assistir Intrusion, a resposta é depende do tipo de filme que você procura.

O elenco de Intrusion desempenha seu papel de maneira razoável, sendo esse um dos pontos altos da produção. Além disso, o trabalho audiovisual presente em Intrusion também se destaca. Ainda, vale dizer que o roteiro conta com eventos que conseguem despertar a atenção do espectador.

Ou seja, os atores entregam um bom trabalho e a equipe técnica também. Inclusive, a ação presente no filme merece muitos elogios. Mas isso talvez não seja o suficiente para entregar ao espectador um filme inovador, infelizmente.

O problema da produção é que ela não traz uma história ou um roteiro totalmente novos. Já vimos diversas histórias parecidas com a que é narrada em Intrusion. Esse fato pode frustrar quem espera uma baita produção, com grandes reviravoltas e desfecho jamais vistos antes.

Aliás, um exemplo de filme com narrativa similar é Paixão Obsessiva (2017), também disponível na Netflix. Quem já assistiu a essa produção vai poder perceber muitas semelhanças na história.

Intrusion é um filme baseado em uma história real?

Anteriormente, mencionamos que a produção traz aspectos baseados na vida real. Porém, a história em si não é baseada em nenhum caso ou história real.

Na verdade, quando Chris Sparling estava escrevendo o roteiro, ele se inspirou em uma amiga que foi diagnosticada com câncer de mama aos 35 anos de idade para criar a personagem de Meera. Desse modo, na produção, ele coloca em evidência o estado emocional e psicológico de quem passa por uma situação traumática como essa e como ela influencia no nosso modo de ver o mundo.

Tendo isso em vista, outro ponto a se destacar sobre Intrusion é que o filme aborda uma questão de tamanha relevância com um fundo de suspense, que é ideal para uma temática como essa. Então, a respeito disso, a produção não deixa a desejar nem decepciona o espectador.

Gostou de saber se vale a pena assistir Intrusion na Netflix? Pois confira também:
Sex Education não vai ter uma 4ª temporada? Entenda a polêmica

Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e em Marketing Digital. Amante de filmes de ação com protagonização feminina e fã de café à meia-noite.

Deixe seu comentário

catorze + 15 =