Valve já se prepara para seu próximo console portátil, o Steam Deck 2

Saiba qual o futuro da Valve para o Steam Deck!

O Steam Deck começou a ser enviado para os usuários no final do mês passado, e já causou um grande alvoroço na comunidade. Com toda a versatilidade de um portátil aliada ao gigante catálogo de jogos da Steam, o novo console está agradando os jogadores. Por isso, a Valve não perdeu tempo, e já está se preparando para o Steam Deck 2.

Segundo o próprio Gabe Newell, cofundador da Valve, o objetivo da empresa com o Steam Deck 2 será oferecer uma experiência ainda mais potente para seu console. Além disso, a próxima versão trará ainda mais recursos que não se vê em computadores, criando uma verdadeira experiência de gaming portátil.

Steam Deck 2

Valve já se prepara para seu próximo console portátil, o Steam Deck 2

Segundo Newell, a versão mais popular do primeiro modelo foi a mais premium, com 512 GB de armazenamento. Por isso, os jogadores parecem preferir investir na melhor experiência para seus jogos, e a Valve levará isso em consideração na produção da próxima geração. Porém, o grande diferencial do Steam Deck é seu formato portátil, e a empresa também está buscando novas maneiras de aproveitar este fator ao máximo. 

Ainda segundo o fundador, o primeiro passo no desenvolvimento do Deck foi permitir que os jogadores possam aproveitar de sua incrível biblioteca, com os jogos já existentes, no novo formato. A partir de agora, a próxima iteração tentará desenvolver sobre os fatores únicos do “mobile”, que vão além do que um desktop ou notebook poderiam oferecer. 

Uma das possibilidades para o futuro do Steam Deck é a tecnologia de Realidade Virtual. Gabe Newell comenta que seu console oferece alta performance e boa capacidade de bateria, e as aplicações de VR podem ser um de seus usos.

O Steam Deck Original

O console portátil próprio da Valve, o Steam Deck, está chegando às mãos dos consumidores, e as críticas são muito favoráveis. Seus grandes diferenciais estão no fato de ser um console portátil, assim como o Nintendo Switch, mas ao mesmo tempo ter acesso à imensa biblioteca de jogos da Steam. Além disso, se você já possui jogos na sua conta, poderá acessá-los facilmente no console. 

Após algumas semanas do seu lançamento, usuários e críticos já tiveram tempo para testar o novo dispositivo. Apesar de alguns bugs e problemas de performance, a Valve já demonstrou sua preocupação em oferecer a melhor experiência para os usuários, e atualizações e patchs frequentes vêm corrigindo esses erros. 

O Steam Deck pode ser comprado em três versões: a mais simples, com 64 GB de memória do tipo eMMC; a versão média, com 256 GB de memória tipo SSD NVMe e um conjunto de perfil exclusivo para sua conta da Steam; por fim, o modelo mais premium possui 512 GB, também SSD NVMe e tela antireflexiva. Todos os modelos acompanham um estojo de viagem para guardar o seu console com segurança. 

A tela do Steam Deck possui 7 polegadas, com resolução de 1280×800 e taxa de atualização de 60 Hz. Você também pode conectar seu console a uma tela externa, ou então a periféricos e internet, por meio de uma entrada USB tipo C no topo do dispositivo. Além disso, há dois trackpads de cada lado da tela, para que você possa confortavelmente navegar pelos menus.

Sobre a compatibilidade de jogos, a empresa já testou uma variedade de títulos no console, e criou uma lista com todos os que podem ser jogados sem problemas no novo formato. Há ainda uma seleção de jogos que são jogáveis, mas precisam de alguma configuração por parte do jogador para funcionar corretamente.

Infelizmente, o Steam Deck ainda não está disponível no Brasil, e não há previsão para sua chegada no país. 

Fonte: Games Radar

Formado em Jornalismo, atua como redator de notícias desde 2017 escrevendo sobre games e tecnologia. Também é Co-Fundador da Crenix Games, empresa de jogos digitais de Curitiba onde exerce uma de suas paixões: Design de Narrativas para Games.
FacebookLinkedinWikipédia

Deixe seu comentário