WhatsApp | O que acontece se eu não aceitar os termos de privacidade?

Desde que o WhatsApp atualizou os seus termos de privacidade, o mensageiro tem se queimado bastante com os usuários. Muitos deles já até mesmo migraram para outros aplicativos, como Telegram e Signal.

Na época em que a polêmica estava a todo vapor, muitos especulavam que o WhatsApp voltaria atrás na sua decisão de compartilhar com o Facebook informações de seus usuários. Entretanto, ao que tudo indica, o WhatsApp não deu o braço a torcer.

Isso porque, recentemente, o WhatsApp anunciou que os usuários vão precisar aceitar os novos termos de privacidade caso queiram continuar utilizando o serviço. Do contrário, eles vão eventualmente perder acesso às mensagens e a outros recursos do app.

Terei minha conta excluída caso eu não aceite os novos termos?

A resposta é: ao que tudo indica, não. O WhatsApp não vai excluir sua conta caso você não aceite os novos termos de privacidade a tempo. Entretanto, a empresa vai bloquear o seu acesso a alguns recursos do serviço.

Por exemplo, depois de algum tempo, os usuários não vão mais poder visualizar e responder as mensagens que receber, mesmo que ainda receba as notificações delas. Com o tempo, as limitações poderão aumentar ainda mais.

O usuário que desejar se afastar definitivamente do WhatsApp pode optar pela exclusão de sua conta. Entretanto, caso o usuário não tenha feito um backup de suas conversas e mídias, todo o conteúdo será perdido definitivamente.

Com o tempo, é possível inclusive que o WhatsApp opte pela exclusão da conta daqueles que não aceitarem os novos termos. Não sabemos, entretanto, quando isso poderia acontecer.

WhatsApp vai prolongar o prazo para aceitação da nova Política de Privacidade

Como muita gente ainda está receoso de aceitar ou não os novos termos da Política de Privacidade, o WhatsApp estendeu o prazo para aceitação.

Os usuários vão ter até o dia 15 de maio de 2021 para revisar a política de privacidade do WhatsApp.

A data não é por acaso: também no dia 15 de maio, alguns novos recursos comerciais chegam ao aplicativo. Lembrando que o WhatsApp tem investido bastante na parte comercial do serviço.

Hoje em dia, por exemplo, é possível contatar contas comerciais, ter acesso a cardápios, adicionar itens a um carrinho de compras e até mesmo fazer pedidos sem ao menos sair do aplicativo. A função de pagamentos via WhatsApp, entretanto, ainda segue aguardando regulamentação do Banco Central.

Nos próximos dias, o WhatsApp vai enviar a todos os usuários uma nova notificação explicando a atualização dos termos de privacidade. Fique, portanto, ligado!

Há chance de o WhatsApp acabar?

Esse é um medo que muitos usuários têm. Mas as chances disso acontecer são bem baixas.

Afinal, o WhatsApp ainda segue como o mensageiro mais popular do Brasil. Ele já faz parte do dia a dia de milhões e milhões de brasileiros. Afinal, que outro aplicativo consegue reunir pessoas de todas as faixas etárias?

Entretanto, a polêmica envolvendo os termos de privacidade foram, sem sombra de dúvida, um baque bastante grande no WhatsApp. Diversos outros aplicativos mensageiros aproveitaram a onda para se autodivulgarem.

Como é o caso, por exemplo, do Signal, até então desconhecido pela maior parte dos brasileiros. Depois que o app foi recomendado pelo Elon Musk, tanto as ações quanto o número de usuário do mensageiro subiram bastante.

Whatsapp e outros mensageiros
(Imagem: Adem AY/ Unsplash)

Agora, entretanto, a polêmica já está perdendo um pouco da força. Muitos usuários até tentaram migrar para outros apps. Mas como, se os seus contatos ainda seguem utilizando o WhatsApp?

Mas e você, o que achou disso tudo? Já aceitou os termos de privacidade do WhatsApp? Ou já migrou para outro aplicativo? Pois conta para a gente aí nos comentários!

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

3 × 5 =