Xbox – Game Pass planeja trazer mais serviços adicionais na assinatura

O Xbox Game Pass é um dos únicos serviços, atualmente, que permite o pagamento de uma taxa mensal de assinatura e disponibiliza dezenas, talvez centenas, de títulos de jogos consagrados, independentes, complexos e amados para os assinantes.

Dentro do catálogo o jogador encontra jogos de tiro, estratégia, plataforma, narrativa, esportes, ação e aventura e muitos outros incluindo simuladores e experiências em realidade virtual. A assinatura não é cara e se compara às assinaturas de plataformas de stream como Netflix e Disney+.

E com a chegada do serviço de assinatura complementar da Eletronic Arts para dentro da oferta do Game Pass, unindo os catálogos e disponibilizando uma variedade enorme para o jogador, a Microsoft agora foca em expandir essa proposta de serviço e trazer ainda mais conteúdo de parcerias.

Se você quer saber mais sobre as novidades que a Microsoft está planejando para o serviço do Xbox Game Pass e suas futuras adições, confira o texto a seguir.

Plano de expansão para o Game Pass

Ao longo do tempo a plataforma da Microsoft reuniu uma porrada de títulos de jogos significativos no Game Pass. A ideia era proporcionar uma experiência diversificada para o jogador que contaria com variedade de jogos sem precisar desembolsar cada título separadamente, o que sairia, em um momento imediato, muito mais caro do que a mensalidade.

Ao mesmo tempo, os custos para utilizar os serviços do Game Pass são muito menores do que se imaginava antes do surgimento deste tipo de plataforma. Foram diversas promoções que deixavam você assinar os três primeiros meses do Pass por apenas um real. Depois, lógico, o usuário era cobrado normalmente, no valor de quase R$ 30,00 por mês.

Acaba sendo um valor pequeno para a quantidade de entretenimento que está sendo ofertada na plataforma. Para comprar os mesmos jogos e títulos separadamente seriam necessários milhares de reais.

E isso sem contar nas vantagens adicionais que estão começando a surgir. A primeira delas foi a adição de títulos independentes, que aumentou o catálogo e pelo menos dobrou a quantidade de jogos disponíveis.

Além disso, mais recentemente, o Game Pass entrou em contato com as desenvolvedoras Bethesda e Eletronic Arts para integrar ao sistema os jogos pertencentes a eles. Isso foi uma mudança significativa para o jogador, que agora conta com Fifa, The Sims, e toda a franquia de experiências Star Wars, isso sem falar em Battlefield, Madden, Anthem, Mirror’s Edge e mais muitos outros.

Foi em uma entrevista do gerente de marketing da Xbox que soubemos que a empresa ainda planeja muito mais para o futuro. Aaron Greenberg afirmou que a integração da Bethesda e da EA Play foram essenciais para dar início à expansão, mas que existe muito mais a caminho.

Segundo ele, as junções de serviços de assinatura de jogos externos é o principal caminho para agregar valor e conteúdo e expandir o Game Pass. E isso sem falar nas parcerias com serviços de outras fontes e outros temas como foi o caso da recente promoção da Disney+, onde o assinante do Game Pass podia desfrutar de 30 dias de streaming gratuitamente.

Também foram feitos acordos com o Spotify, continuando abertos à proposta de melhorar a vida do usuário e aumentar ainda mais as ofertas e serviços bônus que podem estar na mão dos jogadores em breve.

Apesar de serem alianças que dependem de uma vontade e investimentos mútuos das duas partes, não deixa de ser uma ótima notícia para os gamers. Os assinantes de Pass poderão ter cada vez mais vantagens e pagar muito pouco por isso.

Formado em Jornalismo, atua como redator de notícias desde 2017 escrevendo sobre games e tecnologia. Também é Co-Fundador da Crenix Games, empresa de jogos digitais de Curitiba onde exerce uma de suas paixões: Design de Narrativas para Games.
FacebookLinkedinWikipédia

Deixe seu comentário

4 × 1 =