Xbox Series – Halo Infinite é oficialmente adiado para 2021

 

Bom, nem todas as notícias foram boas para o mundo dos games agora no final de 2020.

Tivemos consoles incríveis sendo lançados, games esperados há muito fazendo sua estreia nas bibliotecas da Steam, e ainda um evento muito importante para a indústria, o The Game Awards 2020 que acontecerá inteiramente online.

Mas, para os fãs de Halo, que sobraram dessa vez, o próximo título ficou oficialmente adiado para 2021. Em nota bem grande e detalhista, o diretor de criação do jogo atualizou a comunidade com as mudanças que estão por vir e, meu amigo, elas são grandes.

Não gostou do adiamento? Não se preocupa, nem sempre isso é algo ruim. Quer saber porque? Confira a seguir.

Porque Adiar?

Se você é um fã da sequência dos títulos exclusivos da Microsoft, você sabe os motivos do adiamento. Mas se você não sabe, aqui vai o principal: O jogo estava ruim e a comunidade deixou isso bem claro.

Em julho deste ano a 343 Industries, que é o estúdio responsável pelo desenvolvimento do jogo, divulgou uma demonstração (demo) para que os fãs pudessem dar opiniões e feedbacks para a última etapa e de finalização e polimento.

Entretanto, apesar de ter sido um esforço extremamente necessário, o período de testes provou que Halo Infinite era apenas mais um Halo sem profundidade, com uma gameplay que trazia mais do mesmo

Além das escolhas de gameplay, existiam problemas sérios com a qualidade dos gráficos, dos modelos e da própria iluminação do mapa.  A comunidade tampouco deixou de relatar suas opiniões e feedbacks incisivos, que mudaram o rumo das coisas.

Quando o time de desenvolvimento começou a lidar com aquele tipo de feedback negativo, de mudanças que seriam necessárias, e polimentos mais ainda, foi necessário chamar alguém que pudesse tratar do problema de forma apropriada.

Foi quando Joseph Staten, atual diretor criativo do game, entrou na equipe e percebeu que aquele tipo de feedback exigiria mudanças radicais em conceitos centrais da obra. Portanto, levando muito mais tempo de desenvolvimento e muito mais trabalho para chegar em um patamar que agrade os jogadores.

E tudo com muita justificativa. Jogos são softwares que exigem trabalhos especializados e dedicação de centenas de horas de teste, polimento, criação e organização. Leva tempo para ajustar um jogo, ainda mais um jogo nas proporções que Halo Infinite tomou e todas as funcionalidades e mecânicas que o estúdio deseja.

Mudanças que virão

Na mesma nota divulgada pelo diretor de criação também há um pouco de informação vinda do diretor de arte da empresa, Neil Harrison. Para ele é prioritário que o jogo passe por um retrabalho de arte técnica, que permitirá olhar com profundidade alguns dos erros cometidos na demo de julho.

Isso faz com que o tempo de alguns meses que ainda tinha para a antiga data de lançamento em novembro ficasse extremamente apertado, impossível, para as alterações e correções necessárias.

A lista de problemas levantados com o feedback dos jogadores da demonstração revelou problemas na iluminação geral do jogo, iluminação global de objetos, oclusão, sombras e luz volumétrica.

Segundo Staten ainda, o estúdio está focado em solucionar problemas técnicos acerca do aproveitamento de efeitos gráficos dentro das GPUs (Graphics Processing Unit). Esse foi um dos causadores dos problemas de engine anteriores.

E para complementar a experiência, que também foi criticada pelos fãs, a 343i está trabalhando em diversas melhorias nos aspectos físicos e de gameplay. 

Conteúdos como arte de ambientação, iluminação de objetos, armas, itens e efeitos, sofreram melhorias que estão mais de acordo com o gosto da comunidade e levam uma cara mais familiar dos títulos Halo.

Data de lançamento do Halo Infinite

Infelizmente Staten não divulgou uma data exata do seu anúncio mas confirmou que deve acontecer entre setembro e dezembro de 2021, período que para os americanos é o outono. 

A lista completa com as questões levantadas nos dados de feedback dos jogadores em julho, e a resposta completa da desenvolvedora abordando mudanças, necessidades e aspectos que ocasionarão em um adiamento futuro, está no site da 343 Industries.

O jogo sairá exclusivamente para as plataformas da Microsoft incluindo Xbox One, Xbox Series e PC. Ficou alguma dúvida? Comenta aí embaixo e confere os outros posts.

Luiz Torrens
Jornalista, Roteirista e principalmente criador de histórias. Apaixonado por games e tecnologia.

Deixe seu comentário