Xbox Series X – Aviso de erro pode ter vazado um futuro headset VR

Até hoje, a Microsoft nunca anunciou ter planos para oferecer suporte à Realidade Virtual aos consoles Xbox, mesmo já tendo experiência no ramo. A empresa já desenvolveu uma plataforma própria, chamada Windows Mixed Reality, então havia grandes expectativas para a implementação desta tecnologia nos Xbox Series X/S. 

Porém, um membro da comunidade, ao testar uma versão de prévia do novo headset Xbox, recebeu uma mensagem de erro, que mencionava um dispositivo VR. Quando o usuário ligou seu console, surgiu o seguinte aviso: “An update for the VR headset is available”. Em português, isso significa que há uma atualização disponível para o headset VR.

Xbox Series S e X
Imagem: Reprodução/Xbox

Existe a possibilidade de que essa mensagem tenha sido apenas um erro. Porém, logo em seguida, o usuário recebeu outro aviso, que dizia “Update VR headset before continuing” (“atualize o headset VR antes de continuar”). Aparentemente, essa mensagem só aparece para o sistema operacional próprio do Xbox Series X e S.  

Parece improvável que os desenvolvedores cometeriam o mesmo erro em duas mensagens diferentes. Dessa forma, esse aviso pode ser um vazamento de algum sistema que ainda está em desenvolvimento e pode ser uma indicação de que a Microsoft está trabalhando no suporte VR para seus consoles. 

A empresa ainda não comentou sobre o rumor, então não se pode afirmar com certeza que se trata ou não de uma novidade.

Uma curiosidade sobre a mensagem é que a palavra “headset” pode se referir tanto a headphones, como o fone Xbox Wireless, quanto a equipamentos de realidade virtual, como o Oculus Quest 2

Microsoft x VR

Em fevereiro do ano passado, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox da Microsoft, afirmou que o suporte à tecnologia VR pode sim chegar à plataforma, desde que a tecnologia aumente em popularidade. 

Ainda antes do anúncio do Xbox Series X/S, a empresa afirmou que um sucessor do Xbox One X poderia vir acompanhado de “VR de alta fidelidade”, mas isso nunca se concretizou. 

Ainda assim, esses consoles de próxima geração têm hardware muito potentes e definitivamente são capazes de rodar as aplicações de realidade virtual. Além disso, a Microsoft já criou uma parceria com a Oculus, da Microsoft, vendendo em conjunto o controle do Xbox One com um headset Oculus.

Por isso, sabemos que a empresa já está inserida no mercado de VR. Como consequência, existe a possibilidade de esse suporte à tecnologia VR se dar por meio de compatibilidade com equipamentos de empresas parceiras, como a Oculus, ou pela venda de headsets próprios, possivelmente com a marca Xbox. 

Realidade Virtual

O mercado de realidade virtual ainda é incipiente. Mas, em maio de 2020, com o lançamento do jogo Half-Life: Alyx, a plataforma viu crescimento expressivo. Porém, a quantidade de usuários que realmente utilizam dispositivos VR ainda é muito pequena e pode ainda não ser financeiramente viável investir nesta tecnologia.

Para sua popularização, pode ser necessário que os preços diminuam e os dispositivos se tornem mais acessíveis, ou que outras melhorias em conforto e ergonomia sejam realizadas. 

Se isso se tornar realidade, talvez a tecnologia de realidade virtual se torne convencional entre os jogadores, e mais empresas, incluindo a Microsoft, decidam investir nela. 

Concorrência

Um incentivo para a Microsoft desenvolver esse suporte é que sua maior concorrente, a Sony, também está se preparando para lançar um dispositivo nesse mercado. Em um anúncio oficial , a empresa afirmou que o aparelho ainda não deve ser lançado este ano, mas deverá se chamar PSVR 2. 

PSVR
Imagem: Reprodução/Tom’s Guide

Outra informação que foi revelada é que o dispositivo não será wireless. Este contará com um único cabo para se conectar ao PS5, o que já é um upgrade em comparação ao setup ao PSVR atual. 

 

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Pois nos siga no Twitter e tenha acesso em primeira mão a todas as postagens aqui do Tech News Brasil!

Fonte: TechRadar e Windows Central

Luiz Torrens
Formado em Jornalismo, atua como redator de notícias desde 2017 escrevendo sobre games e tecnologia. Também é Co-Fundador da Crenix Games, empresa de jogos digitais de Curitiba onde exerce uma de suas paixões: Design de Narrativas para Games.
FacebookLinkedinWikipédia

Deixe seu comentário

vinte + cinco =